Cake de Atum e Pimentão

Janeiro é um mês importante pra mim. É o tempo em que começam as chuvas aqui em Fortaleza, o que me dá uma certa sensação de nostalgia (pois quando não morava aqui sempre vinha nessa época). É um tempo em que eu abro caixas de lembranças e sempre jogo fora uma ou outra coisa que o apego vai afrouxando.
Foi com esse clima que eu fiz esse bolo salgado da Karen, e acho que vou associá-lo a um dia muito agradável em que cozinhei bebendo o resto da lata de cerveja que foi usada na receita e sentindo o cheiro de Janeiro. Ah, e o cake é bem gostoso sim, também só tem coisas que eu adoro!

Sugiro uma olhada na receita original (tem mais detalhes) e também na versão da Elvira, caso queira usar atum em óleo. Usei cerveja por conta do comentário de alguém no post da Karen, o que contribuiu pra que eu fizesse, já que eu não tinha vinho branco.

Ingredientes:
220 g de farinha
4 ovos
250 g (2 latas) de atum em lata conservado em água
1 pimentão vermelho grande sem pele e sem semente (usei pimentão em conserva)
75 g de queijo ralado
100 ml de cerveja (originalmente é vinho branco)
100 ml de azeite
1 colher (chá) de fermento em pó
2 colheres (sopa) de orégano
Sal a gosto (usei uma colher de café)
Pimenta a gosto

Preaqueça o forno a 210°C. Unte e forre o fundo de uma forma de bolo inglês com papel manteiga. Escorra o atum e corte o pimentão em tiras no sentido do comprimento.
Misture a farinha, o fermento, sal e um pouco de pimenta. Adicione os ovos, o vinho, o azeite. Aqui eu dei uma boa misturada antes de acrescentar o queijo, o atum e o orégano. Misture muito bem. Coloque metade da massa na forma, coloque as tiras de pimentão e cubra com o resto da massa. Asse por cerca de 45 min. Insira uma faca no centro do cake, se sair limpo, está pronto. Desenforme morno e sirva frio com uma salada.

Fonte: Kafka na Praia.

Anúncios

15 comentários sobre “Cake de Atum e Pimentão

  1. Ah! Era essa receita que vc ia testar! rsÉ um cake gostoso, quando fiz tive um pouco de dificuldade na hora de desenformar, mas o seu ficou muito bonito!

  2. Karen eu gostei muito, meu marido mais ainda! O meu não cresceu muito, acho que meu fermento já deu o que tinha que dar, mas não tive dificuldade em desenformar, ele ficou bem solto da forma. 😀

  3. Ah, Karen, fiquei com a impressão que ele ficava maior pois na tua foto ele parece estar “transbordando” da forma.

    Elvira, sim, vi a sua e coloquei o link na receita. Ontem estava a vasculhar suas receitas, já guardei muitas pra fazer em breve. 🙂

  4. Este cake e o de pêras e rockefort da Karen estão na minha enooooorme lista “a fazer”! :-(Ele fica bem fofinho e não acho que não tenha crescido muito, ficou lindo!

  5. Hmmmm parece que até dá pra sentir o cheirinho!!!Adorei as receitas (fui la xeretar na Karen e na Elvira tbm..rs).Bjs

  6. Patricia, esse tipo de lanche pra mim serve como jantar também, quando quero comer só alguma coisa rápida. 🙂
    Márcia, acredita que ainda não tenho vizinhos? O meu andar no prédio ainda não foi preenchido hehehe…
    Eliana e Maria Helena, o crédito é da Karen, adoro quando as meninas traduzem receitas de outras línguas para nossa comodidade… rs
    Obrigada pela visita, Vivianne, volte sempre e feliz ano novo! 🙂
    Regina, eu também adoro esse trio, foi o que me motivou a fazer o prato – quase que coloco azeitonas pra ficar bem minha cara, mas preferi experimentar a receita como ela é primeiro. 🙂

Obrigada pela visita! Deixe um comentário e responderei aqui mesmo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s