14

Scones com Gotas de Chocolate


Sempre tive curiosidade em relação aos scones, mas ao mesmo tempo eu tinha um certo preconceito: pelas fotos (a minha que o diga) eles sempre parecem pãezinhos duros e amanhecidos, o que é uma injustiça com a realidade, já que são bem fofinhos e macios e tão práticos de fazer! Pelo menos essa receita da Patricia. Achei interessante que não levasse ovos, até porque não os tinha em casa, e pincelei só com leite, daí não terem ficados com a casquinha dourada. Isso não deve ter comprometido o sabor, pelo menos aqui em casa adoramos, bem suave, pouco doce, uma delícia. Como eu nunca tinha visto por dentro parti um para a foto, ainda estava bem quentinho… Agora vou em busca de um scone salgado, imagino que essa textura combine ainda mais numa versão salgada.

Ingredientes:
280 g de farinha de trigo
50 g de açúcar
1 e 1/4 de colher (chá) de fermento em pó
1/4 de colher (chá) de bicarbonato
1/4 de colher (chá) de sal
115 g de manteiga gelada e em cubinhos
90 g de gotas de chocolate
1 colher (chá) de essência de baunilha
160 ml de coalhada

Para pincelar:
1 ovo (não usei)
1 colher (sopa) de leite

Cobertura:
50 g de açúcar
1 colher (chá) de canela em pó

Preaqueça o forno a 200°C. Forre uma assadeira com papel manteiga (não tinha em casa, mas fiz numa forma anti-aderente e deu certo). Numa tigela, misture a farinha, o açúcar, o fermento, o bicarbonato e o sal. Junte a manteiga e vá misturando com as pontas dos dedos, até tudo ficar com uma consistência de farelo grosso. Adicione as gotas de chocolate.
Misture bem a coalhada com a baunilha e despeje nos ingredientes secos. Misture até obter uma massa (não mexa demais).
Transfira-a para uma superfície enfarinhada e amasse 3 ou 4 vezes com as mãos. Todos os farelinhos que estavam na tigela vão grudar na massa e você vai ter uma bola. Modele-a em formato de disco, como uma pizza de aproximadamente 20 cm de diâmetro.
Corte triângulos (como se fosse uma pizza), coloque-os na forma preparada, deixando um pouco de espaço entre eles e pincele com o ovo misturado ao leite. Misture a canela e o açúcar e salpique sobre os scones logo depois de pincelá-los com o ovo. Leve ao forno por 20 minutos, aproximadamente, ou até que estejam dourados.

Fonte: Technicolor Kitchen

14

Torta de Frango com Massa de Iogurte


Essa torta da Lica já é um sucesso, e hoje eu comprovei e aprovei. Fiz para levar para a casa da minha querida tia Anaudira, onde encontramos alguns amigos e todos gostaram, não sobrou migalha. A massa é muito boa, vou ficar viciada nela, mas na próxima vou acrescentar mais um pouquinho de sal. O recheio original é com palmito, do qual não sou muito fã, mas eu substituí por frango e champignon e ficou delicioso. A foto não ficou boa, mas garanto que a receita é ótima, é só comprovar com a foto da Eliana.

Ingredientes:
Massa:
2 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
150 g de manteiga ou margarina
180 g de iogurte natural
1 colher (chá) de sal
1 gema para pincelar

Recheio
3 colheres (sopa) de azeite
1 cebola picada
1 tomate inteiro picado
200 g de frango cozido desfiado
180 g de cogumelos picados
1/2 xícara (chá) de azeitonas picadas
1 lata de ervilha (usei 1 xícara de ervilha congelada)
1/2 xícara (chá) de salsa e cebolinha picadinha
220 g de requeijão cremoso
1 colher (sopa) de farinha de trigo
Sal e pimenta a gosto

Comece preparando o recheio, que deve ser utilizado frio. Aqueça numa panela o azeite e refogue a cebola só até ficar transparente (não é para dourar), junte o tomate e deixe criar um caldinho no refogado. Adicione o frango, a ervilha, o cogumelo, as azeitonas, o sal e a pimenta e deixe cozinhar por alguns minutos. Acrescente o requeijão cremoso, a salsa, a cebolinha e a farinha de trigo e mexa. Deixe cozinhar por mais alguns minutinhos: fica com textura de creme. Transfira para outra vasilha e deixe esfriar completamente.
Para a massa, Coloque 2 xícaras da farinha de trigo num recipiente e junte a manteiga ou margarina, sal e o iogurte. Misture com as mãos (nesse momento, se for necessário, utilize a 1/2 xícara de farinha que sobrou – eu usei só um pouco). A massa não gruda nas mãos mas é úmida. Deixe descansar por 20 minutos tampada com um pano ou filme plástico. A seguir polvilhe com farinha de trigo um saco plástico aberto, coloque metade da massa, polvilhe um pouco e cubra com outro saco plástico aberto. Com o auxílio de um rolo, abra a massa. O ideal é que não fique grossa. Cubra o fundo e as laterais de uma assadeira de 22 cm de aro removível (pode ser feita num refratário ou assadeira comum) e coloque o recheio frio. Abra o restante da massa seguindo o mesmo processo e cubra a torta com uma roda de massa ou fazendo uma grade. Pincele com a gema e leve ao forno a 180°, por cerca de 20-30 minutos, até dourar.

Fonte: Feijão no Prato.

20

Paçoca Fria de Castanha


Apesar de ter começado uma pequena dieta devido aos excessos de julho, não resisto a fazer algo doce de vez em quando. Além disso, aqui em casa sempre temos muita castanha de caju e essa receita é muito boa para aproveitá-las. Originalmente é feita com amendoim, mas não lhe sou muito fã. Fiz a receita normalmente, mas peguei uma parte da massa e adicionei flocos de arroz, colocando em forminhas de muffins, só pra testar. Acredito que dá pra fazer em vários formatos, dependendo de que tipo de forminhas se tenha em casa. A textura é macia, apesar da aparência de tijolinho (com amendoim deve ficar mais sequinha).

Ingredientes:
1/2 kg de castanha-de-caju torrada (ou amendoim)
1 pacote (200 g) de biscoito tipo maisena
1 colher (sopa) de margarina
1 pitada de sal
1 lata de leite condensado
Flocos de arroz a gosto (opcional, sugestão minha)

Triture a castanha (ou amendoim) e os biscoitos (pode ser no liquidificador). Numa vasilha, misture a farofa obtida com a margarina, o sal e o leite condensado. Incorpore bem, até ficar homogênea. A massa fica uma bola um pouco pesada. Unte um refratário retangular com margarina e espalhe a massa sobre ele, de forma a cobri-lo. Com a ajuda de uma faca ou colher molhada, acerte a massa para que fique nivelada. Leve à geladeira até o dia seguinte. Corte em quadradinhos e conserve em geladeira.

Fonte: Recebi por e-mail da minha amiga Fátima Teles.

49

Bombinhas de Queijo e Ervas


Sabor suave que derrete na boca. A textura é bem macia, ficam quase ocas. Adorei essas bombinhas, servem tanto como um salgadinho pro lanche (daqueles que você não consegue parar de comer) como pra um acompanhamento de assados ou servido de entrada com um molho (pensei num molho de mostarda). Usei apenas um pouco de salsa e alecrim, mas deve funcionar com outra ervas e temperos.

Ingredientes:
1 xícara de água
1/3 de xícara de margarina
1 xícara de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
4 ovos
3/4 de xícara de queijo prato (usei coalho) ralado grosso
4 colheres (sopa) de cebola picada
Ervas a gosto (usei uma colher (sopa) de salsinha e quase nada de alecrim)

Aqueça o forno em temperatura bem alta (220°). Unte levemente duas assadeiras grandes (se for anti-aderente não precisa). Aqueça a água com a margarina numa panela até que levante fervura. Junte a farinha e o sal de uma só vez e mexa vagarosamente em fogo baixo até que a mistura forme uma bola (em mais ou menos 1 minuto).
Retire do fogo e coloque na tigela da batedeira. Junte os ovos e bata bem, até a massa ficar lisinha (fica um pouco grudenta). Acrescente o queijo, a cebola e as ervas e mexa bem com uma colher. Deixe cair as colheradas de chá (ou faça as bombinhas com um saco de confeitar) sobre as assadeiras. Asse em forno quente de 15 a 20 minutos, até que cresçam e dourem. Sirva quente. Rende mais de 100 bombinhas.

Fonte: Recorte sem fonte.