34

Torta de Ameixa Vermelha


Eu adoro usar frutas nas receitas, mas me pergunte se eu gosto de frutas. É uma vergonha, eu sei, mas não consigo gostar de frutas puras, cruas, como chegaram ao mundo. Adoro sucos, saladas de frutas com iogurte, bolos e tortas com frutas, enfim… Adoro o cheiro das frutas no supermercado ou quando acabam de sair do forno assadas, mas infelizmente ninguém me verá com uma maçã nua na mão. Mas pelo menos eu ainda gosto delas de alguma forma, não é mesmo? Como por exemplo, nessa torta da Verena: pensei logo nela quando vi as ameixas rosadas no supermercado praticamente de graça. Fica muito especial o sabor, a massa é bem diferente e me lembrou muito uma Torta de Pêssego que fiz uma vez, os ingredientes são praticamente os mesmos, com a diferença que as frutas ficam por baixo e é bem amanteigada. A ameixa combina muito bem com a massa, mas quem quiser pode substituir por pêssego, nectarina ou algo do tipo. Comemos quase a torta toda, vou repetir a receita muitas vezes, com certeza.

Ingredientes:
Algumas ameixas vermelhas* sem caroço e fatiadas (usei umas 6 ou 7)
250 g de farinha de trigo
125 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
125 g de açúcar
2 ovos
Uma pitada de sal
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (sopa) de Rum ou raspas de limão
Açúcar de baunilha para polvilhar

Unte uma forma de fundo removível (pode ser um refratário, se não quiser desenformar). Numa tigela, junte todos os ingredientes, com exceção das ameixas e do açúcar de baunilha. Misture bem com uma colher de pau até ficar homogênea, a massa tem uma textura que fica entre massa de torta e massa de bolo, tanto crua quanto assada. Espalhe a massa na forma pra que fique nivelada. Distribua as fatias de ameixa por sobre a massa, cobrindo bem. Não precisa apertar as frutas contra a massa. Leve ao forno médio até passar no teste do palito e dourar (a minha levou uns 40 minutos). Assim que tirar do forno, polvilhe o açúcar de baunilha.

*A quantidade de ameixas vai depender do tamanho da forma, a idéia é cobrir a massa inteira e o ideal é que a massa fique baixinha.
**Aqui as ameixas vermelhas são também chamadas de ameixas rosadas.

Fonte: Mangia che te fa bene.

Anúncios
22

Madeleines de Mel e Limão


Essas conchinhas da Akemi foram feitas no mesmo dia dos Muffins de Pêras, mas como todos estavam já cheios enquanto elas assavam, sobraram várias pro meu café-da-manhã. O limão fica bem marcante, ótimo pra quem gosta de um azedinho. O último irei comer agora, depois de tanto bater cabeça com esse novo template, que eu espero que esteja funcionando para todos. Ainda tem uma ou outra coisa pra arrumar, mas no geral é pra estar apresentável. Qualquer coisa estranha, por favor me avisem.

Ingredientes:
100 g de manteiga sem sal
100 g de farinha de trigo
1/2 colher (chá) de fermento em pó
2 ovos médios
60 g de açúcar
30 g de mel
2 colheres (sopa) de suco de limão (usei siciliano)
uma pitada de raspas de limão (opcional)

Unte bem as forminhas de madeleines com manteiga sem sal e polvilhe farinha de trigo. Bata bem o excesso e reserve. Peneire a farinha de trigo com o fermento.
Numa tigela, bata os ovos com o açúcar com a ajuda de um batedor de claras. Junte o suco de limão, as raspas e a farinha peneirada. Misture só o suficiente para incorporar a farinha.
Derreta a manteiga junto com o mel em banho-maria ou por alguns segundos no microondas. Despeje a manteiga na massa e misture bem.
Cubra a tigela com filme plástico e leve à geladeira por, no mínimo, uma hora. Distribua a massa nas forminhas. Não é preciso nivelar a superficie da massa pois ela vai se espalhar na fôrma enquanto assa. Leve para assar em forno preaquecido a 180° por cerca de 20 minutos. Rende 12 conchinhas.

Fonte: Pecado da Gula.

18

Muffins de Pêras


Não foi só a Laila que se empolgou com essa receita da Valentina. Eu também não me aquietei até preparar esses deliciosos muffins. Aqui em casa comemos ainda quentinhos, super úmidos, com o gostinho da pêra assada, uma coisa! Minha irmã devorou vários, sem dó. Quase não sobram os quatro da foto.

Ingredientes:
125 g de farinha de trigo
60 g de farinha de trigo integral (usei da comum)
3 colheres (chá) de fermento em pó
2 colheres (chá) de canela em pó
100 g de flocos de aveia
140 g de açúcar mascavo
2 ovos
250 ml de iogurte natural
125 ml de óleo vegetal
1 pêra grande picada (ou 2 pequenas)
40 g de pecãs picadinhas

Preaqueça o forno em 180°. Prepare as forminhas de muffins (a receita me rendeu 16 muffins). Misture a metade do açúcar com as pecãs picadas e reserve.
Numa tigela, misture as farinhas, o fermento e a canela peneirados. Acrescente a aveia e a outra metade do açúcar e misture bem.
Numa outra vasilha coloque os ovos e bata levemente com um garfo. Acrescente o óleo vegetal e o iogurte. Misture tudo e despeje os líquidos no centro da vasilha com os ingredientes secos. Com um garfo, incorpore todos os ingredientes, sem mexer muito, de maneira que a massa ainda fique encaroçada. Adicione as pêras e misture levemente. Distribua a massa nas formas e por último jogue por cima de cada muffin a mistura de açúcar e pecãs, distribuindo por igual. Leve ao forno por cerca de 20 minutos.

Fonte: Trem Bom.

12

Sopa de Grão-de-Bico Picante


Sempre que eu uso curry eu me transporto a uma certa época em que eu costumava fazer alguns pratos indianos. Já que hoje em dia raramente uso esse tempero, é como uma viagem no tempo estilo Ratatouille. Mas estamos sempre construindo novas lembranças e essa sopa me fez imaginar a cozinha da Agdá e como ela deve ser perfumada de especiarias… Bom, mas o que importa é que a sopa é deliciosa, picante, porém suave; cremosa e diferente. Pena que à noite as fotos aqui não saiam boas, mas recomendo mesmo a receita.

Ingredientes (4 porções):
3 colheres (sopa) de azeite
1 cebola picada
5 dentes de alho picados
2 tomates sem pele e sem sementes picados
1 cenoura picada
1/4 de colher (chá) de pimenta calabresa
1 colher (sopa) de cominho
1/2 colher (chá) de curry
Sal a gosto
2 latas de grão-de-bico em conserva (ou 500 g de grão-de-bico cozido)
1 litro de caldo de legumes
3 colheres (sopa) de manjericão picado
3 colheres (sopa) de sumo de limão
3/4 de xícara de queijo parmesão ralado

Em uma panela, aqueça o azeite, doure a cebola e o alho. Acrescente o tomate e a cenoura. Tempere com a pimenta, o cominho, o curry e o sal. Adicione o grão-de-bico e, aos poucos, o caldo de legumes. Deixe cozinhar por 20 minutos em fogo brando. Deixe esfriar um pouco e passe metade da sopa no liquidificador. Volte à panela, tempere com o manjericão, o sumo de limão e deixe levantar fervura. Sirva a sopa em seguida, com o queijo parmesão.

Fonte: Claudia Cozinha, julho 2006.

22

Bolo de Chocolate e Aveia


Essa foi uma das receitas que separei pra fazer esse mês e que me chamou a atenção por conta da aveia, que adoro usar em receitas, tanto doces quanto salgadas. Não é muito diferente de um bolo de chocolate normal, fiquei satisfeita com o resultado, mas não é do tipo de bolo que revira os olhos de quem come. É um bolinho simples, pra comer com café à tarde. Não quis fazer cobertura, mas acho que pede, embora não fique seco.

Ingredientes:
1 xícara (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de aveia em flocos
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de chocolate em pó
1 pitada de noz-moscada
1/2 colher (sopa) de canela em pó
4 ovos inteiros
1/2 xícara (chá) de margarina (usei manteiga)
1/2 xícara (chá) de leite
1 colher (chá) de fermento em pó

Misture o açúcar, a aveia, a farinha de trigo, o chocolate, a noz-moscada e a canela em pó. Reserve. Na batedeira, bata os ovos e a margarina até formar um creme claro. Acrescente o leite e bata por mais 1 minuto. Aos poucos, vá juntando os ingredientes secos que estavam reservados. Finalmente, coloque o fermento e incorpore à massa. Derrame a massa em uma assadeira retangular média, untada e polvilhada de farinha de trigo. Leve para assar em forno médio por cerca de 30 minutos, até que passe no teste do palito (o meu assou em 25 minutos). Espere esfriar, desenforme e sirva com uma calda de chocolate, ou simplesmente com a companhia de um cafezinho.

Fonte: Revista Especial Saúde! – 62 Receitas Saudáveis.

14

Macarrão Picante com Brócolis


Acho que foi a palavra picante que me deu água na boca ao ver essa receita no blog Doce Casinha (blog desativado). E realmente ficou muito bom. Até pensei que talvez o brócolis não fosse combinar com a pimenta, mas me enganei, ficou ótimo, rico, como se tivesse carne. Não é demais lembrar que depois de algo picante é sempre bom deixar a postos uma sobremesa.

Ingredientes (2 a 3 pessoas):
200 g de macarrão (usei espaguete – Barilla n° 5, como sempre)
2 colheres (sopa) de azeite
2 colheres (sopa) de cebola picada
1 dente de alho picado
1 colher (sopa) de molho de pimenta vermelha (usei Tabasco Garlic)
2 tomates pelados picados
250-300 g de molho de tomate
1 xícara de brócolis cozido e picado ligeiramente
Queijo parmesão ralado a gosto

Cozinhe o macarrão com água, sal e e um fio de óleo. Enquanto isso refogue a cebola e o alho no azeite. Acrescente o tomate e o molho de pimenta e refogue mais um pouco. Junte o molho de tomate e deixe apurar. Desligue o fogo e adicione o brócolis. Misture e jogue o macarrão escorrido na panela do molho. Mexa ligeiramente para o macarrão incorporar o molho e sirva imediatamente com um pouco de queijo por cima ralado na hora.

Fonte: Doce Casinha (blog desativado).

22

Frango à Jardineira com Leite de Coco


Essa receita estava na embalagem de uma garrafinha de leite de coco que comprei e fiquei curiosa com o resultado. Hoje minha mãe, uma tia e meus irmãos vieram almoçar com a gente e resolvi arriscar, apesar da receita ser muito resumida (no site ela é um pouco mais detalhada). Modifiquei um pouco do original quando chegou no creme, não confiei que o queijo fosse derreter apenas com o leite quente, preferi gratinar antes de servir, mesmo tendo creme de leite. Todos amaram, vou fazer outras vezes, com certeza. É uma receita calórica, daquelas que você fica preocupado apenas em ser feliz, mas usando menos queijo, adaptando alguma coisa aqui e ali, dá para amenizar. E mais: há a opção de fazer apenas a parte do frango, fica bem colorida e saborosa do mesmo jeito.

Ingredientes:
Frango:
1 kg de frango cortado em cubos
Tomate, cebola, coentro e pimentão a gosto
3 colheres (sopa) de óleo
1 colher (sopa) de extrato de tomate
1 xícara (chá) de leite
200 ml de leite de coco
1 cenoura grande picada e cozida
1 chuchu grande picado e cozido
1 xícara (chá) de vagem picada e cozida
1 lata de milho verde
2 colheres (sopa) de amido de milho

Creme:
200 ml de leite de coco
2 latas de creme de leite com soro
Sal a gosto
1 xícara (chá) de leite
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de cebola ralada
3 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
400 g de queijo mozarela (usei menos)

Tempere o frango a gosto (usei apenas sal, pimenta e alho), depois frite-o no óleo quente. Junte tomate, cebola, coentro e pimentão a gosto e o extrato de tomate. Misture bem e adicione o leite de coco, deixando cozinhar por cerca de 20 minutos. Junte o amido de milho diluído no leite e deixe no fogo até engrossar, mexendo sempre. Retire do fogo e adicione a cenoura, o chuchu, a vagem e o milho. Reserve.
Para o creme, aqueça a manteiga com a cebola e junte a farinha de trigo, mexendo bem. Vá adicionando o leite e o leite de coco e deixe ferver e engrossar esse molho branco. Desligue o fogo e acrescente o creme de leite.
Unte um refratário grande, espalhe metade do creme e distribua o frango com os legumes. Cubra tudo com o restante do creme e espalhe o queijo por cima. Leve ao forno alto por alguns minutos só para derreter o queijo.

Fonte: Receitas Sococo.

Veja essa receita preparada no 7º Inter-Blogs do DCPV.