Pesto


As vezes que comi este molho em restaurantes não me agradaram muito, mas sempre fiquei tentada a fazê-lo quando via as versões caseiras nos blogs. Por conta de uma próxima postagem resolvi prepará-lo, usando a receita da Agdá. Hoje uma parte foi usada para um espaguete e comprovei o que eu temia: é daquelas coisas que viciam, simplesmente divino.


Muita culpa disso é da Bia, que me enviou esses pinoli, do contrário esse pesto sairia muito caro! Obrigada, Bia!

Ingredientes:
2 xícaras (chá) de folhas de manjericão
1/4 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
1/2 xícara (chá) de pinhão europeu (pinolo)*
2 dentes de alho, amassados
1/2 colher (sopa) de suco de limão
1/4 xícara (chá) de azeite de oliva extra-virgem
Sal a gosto

*Quando o estoque acabar penso em substituir por castanha-do-pará, mas poderia ser amêndoas, castanha-de-caju etc.

Bater tudo no processador ou liquidificador potente. Acrescentar sal a gosto.

Fonte: Agdá.

Anúncios

26 comentários sobre “Pesto

  1. Este macarrão ficou muito apetitoso! Eu confesso que nunca comi pesto.Acabo de aprender com vc que pinhões e pine nuts são a mesma coisa. Eu não sabia. Vivendo e aprendendo!Bjs 🙂

  2. <>Karina<>, é bom mesmo, né? 🙂<>Claudia<>, eu comi poucas vezes e essa foi a melhor, graças à ótima receita da Agdá e aos pinoles da Bia, rs. Os pinhões usados no pesto não são os mesmos daqueles que a gente cozinha, são bem pequenos, mas não sei a diferença exata… 😀<>Laila<>, além disso ela me mandou outras preciosidades que vou mostrando aos poucos aqui no blog! Santa Bia mesmo, hehehe.<>Marizé<>, agora fiquei com vontade de testar outras versões. Fora o trabalho de tirar folha por folha (usei o manjericão pequeno) é muito prático de fazer… 😀<>Lica<>, realmente, hoje já tava com vontade de mais, rs.<>Márcia<>, eu nunca comprei de vidro, tem alguma marca boa pra sugerir? 😀<>Mariana<>, agora você me deixou maluca com esse de rúcula, deve ficar tudo de bom! Ai, ai… 😀Beijos, meninas!

  3. Luna, esse espaguete está tentador… Logo eu, que adoro pesto! Sem dúvida o meu molho preferido! Quero ver o que mais vem por aí! Beijos!

  4. <>Lu<>, antes eu não dava muita bola, agora vejo que vou ficar fã… 😀<>Fabi<>, aguarde, só tá demorando porque tinha outra coisa na fila, rs. 😀<>Silvinha<>, não dá pra deixar de fazer porque não tem os pinholes, não é mesmo? Eu é que fui sortuda da Bia me presentear, rs.<>Claregina<>, é incrível como muita gente ama esse molho, não? 😀<>Pat<>, lembro quando você postou tua primeira vez também, tenho certeza que vou viciar, rs.

  5. Luna, Se gostar de coentros, experimenta também o pesto de sementes de abóbora com essa erva aromática. Encontrei-o no blogue da Agdá, da Fer e também já postei a receita. É maravilhoso.bjsPS – o pesto com pinhões gosto muito, mas é raro fazer, pois aqui são caríssimos.

  6. <>Pipoka<>, gosto de coentro sim, depois vou tentar esta também. Os pinhões são caros aqui também, não dá pra comprar só pra fazer pesto… 😦Bj!

  7. <>Larissa<>, pode ser uma questão de costume, sabe? Lembro que algumas vezes não gostei de certos pratos com muito manjericão, mas hoje eu adoro! Mas quero experimentar o de rúcula! 😀

  8. olá luazinha, filhota,estou aqui a ver suas receitas,e me deparei com este molho,verde, que por sinal assisti ontem no globo Reporter,(na itália), e fiquei louca pra fazer,e vi como era preparado lá,eles ainda fazem da maneira em que os antigos faziam,no pilão, e misturando tudo até ficar bem liguento,de repente, fuçando aqui tuas receitas…. beleza!! beijos. te amo.

Obrigada pela visita! Deixe um comentário e responderei aqui mesmo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s