Torta de Patê de Alho-Poró [Sem Glúten]

Mesmo para uma viciada em trigo como eu, tem horas em que o glúten pesa e cansa. Por isso tenho uma atração por receitas sem farinha de trigo, até porque elas podem ser saborosas também. E fáceis, como essa de liquidificador. Tinha uma caixa de Arrozina em casa e eu juro que não lembro porque comprei, mas pareceu ideal para aproveitá-la. Seguindo a lógica das tortas salgadas de liquidificador cheguei nessa massa e ficou ótima, fofinha e saborosa. E como preferi fazer cobertura ao invés de recheio ela ficou mais macia ainda, fugindo daquela textura de pudim que acontece às vezes com esse tipo de torta.
A cobertura, a propósito, é uma receita à parte. Trata-se de uma adaptação do Patê Assado de Cebolas da Cinara, que já fiz algumas vezes substituindo a maionese por creme de leite e a cebola por alho-poró. Esse patê vale a pena, muito fácil e rápido de fazer, e fica delicioso. E funcionou muito bem como cobertura, já que o tempo de forno é o mesmo e tem a vantagem de você fazer um “pão” que já vem com patê.

Ingredientes:
Massa:
4 ovos
3/4 de xícara de óleo
1 xícara de leite
1 xícara de queijo ralado (usei coalho)
2 xícaras (200 g) de Arrozina ou Creme de Arroz ou farinha de arroz
1/2 xícara de amido de milho
1 colher (chá) de sal (ou a gosto)
1 colher (sopa) de fermento em pó

Cobertura (Patê Assado de Alho-Poró):
220 g de cream cheese em temperatura ambiente
1 xícara (caixinha de 200 g) de creme de leite
1 xícara de queijo parmesão ralado
1 xícara de alho-poró picado
1 colher (sopa) de pimenta-do-reino moída na hora
1 pitada de sal

Bata todos os ingredientes da massa no liquidificador (pode deixar o fermento para incorporar em separado, se quiser, para garantir uma massa mais fofinha). Derrame toda a massa num refratário. Para a cobertura, é só misturar bem todos os ingredientes e ir jogando colheradas sobre a massa (ainda crua), distribuindo bem. Leve para assar até a massa ficar bem morena e a cobertura dourada, de 30 a 40 minutos.

Fonte: Cinara’s Place (cobertura).

Anúncios

31 comentários sobre “Torta de Patê de Alho-Poró [Sem Glúten]

  1. Luna, gostei mto da sua torta principalmente por não ficar com cara de pudim salgado! Evito fazer tortas de liquidificador por este motivo, a sua ficou show de bola! Como tudo que vc prepara!Bjos, Glau

  2. Luna, essa torta está linda demais!! E que excelente idéia fazer o patê com alho poró, ameiii!!Como tudo o que vc faz, um show a parte q eu vou ter q copiar de qquer jeito.. rsrsrsBeijos querida!

  3. <>Glau<>, geralmente a parte que fica mais pudim é a que recebe o recheio, por isso optei por fazer só uma cobertura mesmo… 😀<>Mari<>, o blog é pra isso mesmo, adoro quando alguém repete a receita que indiquei, rs. 😀<>Alicia<>, é assim: você joga a massa num refratário (não precisa untar). Depois que a cobertura estiver pronta, você distribui colheradas por sobre a massa ainda crua. Aí você leva pra assar tudo junto, pois o patê também é assado, ok? ;DBeijos!

  4. Hummmm! Que delícia, bom vir aqui, só se encontra delícas. A propósito, hoje no almoço fiz alho poró com molho bechamel. Existe uma sintonia no ar!!!!!Beijos!!!

  5. Luna querida, esta foto ficou linda, e me deixou com água na boca. Que maravilha! Tô achando ótimo você não ficar mais sumida. Uhu! Bj.

  6. Luna estou aqui encantada com essa torta, fiquei bastante curiosa quanto a cobertura e vou ter mesmo que fazer essa receita. 🙂Ficou linda, linda!!

  7. <>Goreti<>, com certeza, isso acontece muitos com as blogueiras, rs.<>Téia<>, tomara que eu não suma de novo, hehehe. Bom que você gostou. 😀<>Silvinha<>, acho que você iria gostar, é bem prática! 😀<>Cláudia<>, já que você nunca usou, sugiro refogar um pouquinho o alho poró antes de usá-lo. Ele fica bem mais saboroso pra quem não tem costume de comê-lo… 😀<>Laila<>, obrigada, se um dia fizer, me conta! Vi uma torta sem glúten no teu blog e fiquei de olho também. 😀<>Lica<>, tomare que você goste, você pode aproveitar a idéia da cobertura e usar uma receita que você já goste. 😀<>Marcia<>, tortas de liquidificador são complicadas mesmo, por isso optei por uma cobertura. E vale a pena também colocar o fermento fora do liquidificador. 😀<>Laurinha<>, obrigada, querida! 😀Beijocas a todas!

  8. Oi! Leio seu blog há bastante tempo, mas como só agora estou com blog resolvi comentar. Gosto muito das coisas que você faz, principalmente quando é algo mais regional. Também sou de Fortaleza, mas não moro mais nessa terrinha boa! Lendo seu blog me mata um pouco a saudade.Abraços!!

  9. Oi Luna!Hehehe, pois é, acho que dividiria sim, se os et’s fossem de boa paz!Adorei a receita do teu quiche – parece ser bem leve, bom pra fazer pro jantar =]Posso te deixar um recadinho? Desculpa a mensagem-padrão (estou colocando igualzinho em vários blogs de culinária que eu acesso todos os dias), é que como o assunto é importante, resolvi divulgar pra várias pessoas!Estou participando do Blog Action Day, cujo tema esse ano é a pobreza. A idéia é bem simples: postar no seu blog um post sobre a pobreza, com uma discussão e idéias.Estou te convidando a dar um pulinho no meu blog, claro, para ver o que eu escrevi, mas também (principalmente) a ir em http://blogactionday.org/ e conferir os outros participantes e talvez também participar com o seu blog!Não estou concorrendo a nada, não estou divulgando pra ganhar nada: só por que acredito que ações assim constróem um mundo melhor.Um beijo!

  10. Oi <>Andrea<>, comente só quando tiver vontade, a casa é sua! Já dei uma passadinha no seu novo blog… 😀<>Aline<>, que blog fofo o seu! Legal saber que você é daqui! 😀<>Dea<>, adorei sua postagem, pelo que entendi o dia pra fazer isso é hoje? Achei massa tua atitude e iniciativa, beijão! 😀

  11. Oi Luna, tem um carinho para ti no meu blogue. Realmente o seu Blogue me viciou desde o ano passado. Logo que inaugurei o meu blog em abril você já ganhou um link direto. Puxa, que legal, também fiz o Patê Assado de Cebolas da Cinara, que acompanhou o Pãozinho de Cebolas da minha tia Jenair (fotografei e ainda vou postar no meu blogue). A sua ideia de fazer ele de torta foi ótima. Essa vai ser o repeteco do Patê da Cinara na proxima aqui em casa. Criativa… Beijão de Contagem – MG

  12. Ok, <>Carla<>, depois te faço uma visita.<>Ju<>, também adoro alho-poró! 😀<>Priscila<>, que legal! Vou visitar seu cantinho com muito carinho. Esse patê da Cinara é um achado, não? 😀<>Axly<>, pois é, fica bem mais leve mesmo quando a gente substitui o trigo! 😀<>Agdá<>, espero que goste, querida! 😀

  13. Oi, Lu! Que torta mais linda, amiga… Adorei o modo como você usou o patê de cebolas, e com alho-poró deve ter ficado divino, eu adoro! ;o) Sei que ando sumida, mas em breve te escrevo contando as novidades, OK?Beijão!

  14. Oi, <>Ci<>!!! Que bom que você gostou, esse patê já virou clássico aqui, mas ainda tenho que fazer com cebolas! rsNão se preocupe, sei que está ocupada, mas vou esperar tuas notícias, estou com saudades! Bjs!

Obrigada pela visita! Deixe um comentário e responderei aqui mesmo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s