25

Sorvete de Morango


Não costumo pedir sorvetes de fruta nas sorveterias porque geralmente eles têm bem pouco de fruta, muito corante e aquele sabor artificial, ainda mais se for de morango. Mas em casa dá pra fazer como gosto: o máximo de fruta para que o sabor fique marcante. Aqui só usei fruta, creme e açúcar, mas foi um dos melhores que já fiz. O fato de ter levado o morango ao fogo pode ter ajudado a liberar a cor e o sabor.

Ingredientes:
600 g de morangos grosseiramente picados
1 xícara de açúcar (ou menos)
300 g de creme de leite fresco

Misture o morango com o açúcar numa panela ao fogo médio, até que o açúcar dissolva e o morango solte um pouco do suco. Deixe só o tempo de levantar fervura. Passe essa calda, os morangos e o creme no liquidificador até ficar homogêneo. Leve à geladeira por algumas horas e depois à sorveteira.

12

Bolo de Banana, Aveia e Castanha-do-Pará


Apesar de ser uma daquelas receitas de aproveitar bananas, esse bolo é bem diferente, nutritivo e não leva farinha de trigo. Ele tem um aspecto meio natureba, e de certa forma é mesmo, mas não é pesado ou sem graça: fica bem gostoso e acredito que ficaria melhor ainda com as passas, que eu não tinha em casa. A castanha-do-pará pode ser substituída por qualquer outra castanha.

Ingredientes:
3 bananas bem maduras
2 ovos
1/2 xícara de óleo
1 xícara de farinha de aveia (usei farelo de aveia)
1 xícara de açúcar mascavo
1/2 xícara de castanha-do-pará triturada (mais um pouquinho para polvilhar a forma)
1 colher de sopa de fermento em pó
Uvas passas a gosto (não usei)

Bata no liquidificador as bananas, os ovos e o óleo. Continue batendo e adicione a aveia, o açúcar mascavo e as castanhas-do-pará. Despeje a massa numa tigela e adicione o fermento em pó. Incorpore as uvas passas.
Unte uma forma pequena de buraco no meio com manteiga ou margarina e polvilhe com castanhas-do-pará trituradas. Despeje a massa com cuidado e leve ao forno pré-aquecido a 180-200° por cerca de 30 minutos (o meu assou exatamente nesse tempo). Dá pra fazer o teste do palito, mas mesmo assim ele é um bolo úmido. Contudo, o meu ficou com um aspecto mais sequinho do que o da receita original.

Fonte: Entre Panelas.