12

Cookies de Chocolate, Cranberry e Nozes


Ultimamente tenho ganhado muitos presentes bacanas. É como se o Natal tivesse chegado mais cedo, e eu confesso que adoro ganhar presentes, especialmente se eu noto que foram pensados com carinho. Um deles foi um cookie scoop, de amigos que agora estão morando longe. Com estes cookies já pude inaugurá-lo: é bem legal poder fazer todos ficarem do mesmo tamanho. A receita é mais uma do Feast, da Nigella, num daqueles casos em que você descobre o livro bem tempo depois de ter comprado.

Ingredientes:
140 g de farinha de trigo
1/2 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de sal
75 g de aveia em flocos
125 g de manteiga sem sal amolecida
75 g de açúcar mascavo
100 g de açúcar cristal
1 ovo
1/2 colher (chá) de extrato de baunilha
75 g de cranberries secas
50 g de pecãs picadas grosseiramente (usei nozes comuns)
140 g de gotas de chocolate branco (usei 70 g de gotas de meio-amargo e 70 g de chocolate branco picado)

Preaqueça o forno em 180°. Misture o trigo, o fermento, o sal e a aveia numa tigela e reserve. Bata a manteiga com os açúcares numa batedeira até ficar cremoso. Adicione o ovo e a baunilha e bata mais um pouco.
Acrescente agora a mistura de trigo e aveia e bata apenas para misturar tudo. Incorpore as cranberries, as nozes e o chocolate e leve essa massa para a geladeira por cerca de 10-15 minutos. Prepare duas assadeiras grandes (untadas ou forradas com papel manteiga ou silpat) e distribua bolinhas da massa, com a ajuda de uma colher de sopa ou um cookie scoop. Asse por 15 minutos ou até ficarem levemente dourados. Nessa hora eles ainda estarão moles, portanto deixe-os descansarem por 5 minutos na assadeira, fora do forno. O ideal é que eles terminem de esfriar sobre uma grade. Rende cerca de 30 biscoitos.

Fonte: Feast: Food that celebrates life – Nigella Lawson.

Anúncios
15

Trufas de Chocolate Branco, Cranberry e Cointreau


Não sei se isso é só comigo, mas já aconteceu várias vezes de eu adivinhar um sabor antes de experimentá-lo, isto é, de imaginar que gosto tem uma coisa e acabar sendo exatamente como eu pensei. Foi assim, por exemplo, com o maple syrup, e agora, com as cranberries secas. Quando as vi nesta trufa da Pat, fiquei encantada pela cor, pois adoro esse tom de vermelho, e imaginei como elas seriam, já sabendo que ia gostar. Só não imaginei que tão cedo eu teria a oportunidade de desvendar o mistério.
Preparei apenas metade da receita porque o consumo ia ser só meu e do Ric; coloco aqui as medidas que usei. A única alteração que fiz foi usar leite em pó no lugar do açúcar de confeiteiro, por medo de ficar muito doce e pelo leite ter um sabor parecido com o do chocolate branco. Acho que nem preciso dizer que ficaram deliciosas, preciso?

Ingredientes:
160 g de chocolate branco
2 colheres (sopa) de creme de leite fresco (usei de caixinha)
1 colher (sopa rasa) de Cointreau ou outro licor de laranja
1/4 de xícara de cranberries secas, bem picadinhas
1/2 colher (chá) de raspas de casca de laranja
3 colheres (sopa) de leite em pó para finalizar (a Pat usou açúcar de confeiteiro)

Derreta o chocolate em banho-maria. Acrescente o creme de leite ao chocolate (se usar o creme fresco gelado, aqueça-o um pouco antes), ainda em banho-maria, e misture bem. Retire do fogo, adicione o Cointreau, as cranberries e as raspas de laranja e bata bem – o chocolate vai ficar com aparência de talhado quando você adicionar o licor; não se preocupe. Apenas bata bem até ficar brilhante novamente.
Cubra e leve à geladeira até firmar (4 horas ou de véspera). Retire a mistura da geladeira uns 10 minutos antes de enrolar as trufas.
Com a ajuda de 2 colheres (pode ser de chá ou de sobremesa, dependendo do tamanho da trufa), faça bolinhas com a massa e passe-as pelo leite em pó (ou açúcar de confeiteiro). Leve à geladeira novamente para firmar. Rendimento: 8-12 trufas.

Fonte: Technicolor Kitchen.

32

Torta de Trufa e Merengue de Chocolate [3 anos do Blog]

Essa foi a receita que escolhi para comemorar os 3 anos do blog. Até hoje tenho um carinho incrível pelas blogueiras que começaram antes de mim e aquelas que começaram junto comigo, numa época que não havia tantas. Não quer dizer que as outras pessoas que apareceram depois sejam menos queridas, mas sempre que o blog faz aniversário me lembro dos meus primeiros momentos, os primeiros blogs descobertos, as primeiras amizades, como quem se lembra de amigos de infância.

Agora sobre o bolo: pra resumir, trata-se de uma trufa gigante sobre uma base de merengue de chocolate; na verdade é mais uma torta que um bolo. Além de delicioso, é fácil de fazer e perfeito para se preparar de véspera. A única coisa que eu mudaria seria dobrar a massa de base, pois a camada de merengue fica muito fina e quase não se percebe, apesar de eu ter usado uma fôrma um pouco maior que a recomendada. Eu usei um chocolate meio-amargo, numa próxima eu usaria um mais amargo.

Segue um pedacinho aos queridos e queridas que sempre vêm por aqui, os que comentam e os que não comentam também. ;D

Ingredientes:
Base de Merengue:
1 clara
50 g de açúcar
2 colheres (chá) de cacau em pó
1 gota de vinagre de vinho

Recheio de Trufa:
400 g de chocolate amargo ou meio-amargo
60 ml de rum
60 ml de glucose de milho
500 ml de creme de leite fresco
Cacau em pó para decorar

Preaqueça o forno em 180°. Prepare uma forma de aro removível de 20 cm, forrando com papel manteiga e untando as laterais com óleo vegetal (algum que não passe sabor: o de canola, por exemplo). Prepare a base, batendo a clara até formar picos moles. Com a batedeira em movimento, adicione o açúcar aos poucos até que a mistura fique espessa e brilhosa. Peneire por cima o cacau e junte o vinagre, misturando tudo para que fique homogêneo. Espalhe o merengue na forma preparada, nivelando da melhor maneira possível e leve para assar por 15-20 minutos. Deixe esfriar enquanto prepara o recheio.
Derreta o chocolate com o rum e a glucose numa tigela em banho-maria. Retire do calor e deixe esfriar por 5 minutos. Bata o creme de leite até ficar um pouco espesso, levemente aerado. Junte ao chocolate, até que fique tudo bem misturado. Despeje essa ganache sobre a base de merengue e cubra a forma com filme plástico. Leve à geladeira por muitas horas, uma noite ou um dia, pode ficar até 2 dias.
Antes de servir o bolo, retire-o da geladeira por alguns minutos para facilitar a retirada do aro da forma. Caso queira, pode tentar retirar o bolo da base da forma (eu não tentei pois não tinha usado o papel manteiga) ou servi-lo com a base mesmo. Passe uma espátula nas laterais, caso queira um aspecto mais liso e polvilhe com cacau em pó.

Fonte: Feast: Food that celebrates life – Nigella Lawson.