Pãezinhos Amanteigados de Alho e Alecrim

Às vezes eu fico maluca com tantas opções de receita nos blogs culinários. São tantos pratos lindos e deliciosos, que não sei nem por onde começar. Nas atualizações de páginas do Facebook e no Pinterest, por exemplo, eu vejo tanta coisa legal que dá fome só de ficar olhando. Estes pãezinhos eu encontrei em um passeio pelo Pinterest e fiquei apaixonada pela maciez que a foto deles demonstrava. E com alho e alecrim, só podia ser bom. E realmente são butter rolls deliciosos, daqueles que você já pensa em preparar novamente, tão logo abocanhe o primeiro pedaço. Se decidir fazê-los, dê uma olhada na postagem original, com várias fotos de passo-a-passo.
Por falar em atualizações, agora tem Quiche de Macaxeira no Facebook! Quem quiser ficar atualizado com as postagens, interagir, comentar, tirar dúvidas, ver dicas de outros blogs ou só mesmo demonstrar que gosta do blog, é só curtir.

Ingredientes:
Massa:
2 colheres (chá) de fermento biológico seco instantâneo (ou 2 e 1/2 colheres (chá) de fermento biológico seco)
80 g de manteiga em temperatura ambiente (usei 90 g para aproveitar o que eu tinha)
1/4 de xícara de água morna
1 xícara de leite
2 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (chá) de sal
1 ovo grande
3 xícaras de farinha de trigo

Cobertura:
2 colheres (sopa) cheias de manteiga
1 ramo de alecrim (usei 1/2 colher de sopa de alecrim seco)
2 dentes de alho
Flor de sal ou sal marinho grosso para salpicar (usei sal Maldon)

Misture a água morna e o fermento numa tigela grande (se for fazer na batedeira, já pode ser a tigela da batedeira) e deixe descansar por 5 minutos. Numa tigela pequena, bata ligeiramente o ovo e reserve. Em outro recipiente, misture o leite e a manteiga e leve ao microondas por 1 minuto em potência máxima (caso não tenha microondas, basta esquentar numa panelinha até a manteiga derreter um pouco). A mistura deve ficar morna, e não quente. Na tigela grande com o fermento, passados os 5 minutos, acrescente o açúcar, o sal, o ovo batido e 1 xícara de farinha de trigo. Misture tudo e acrescente a mistura de leite e manteiga. Comece batendo a massa e vá acrescentando mais uma xícara de farinha quando a anterior tiver sido incorporada. Depois que a terceira e última xícara de farinha for incorporada, desligue a batedeira e deixe a massa descansar por 5 minutos antes de começar a sovar.

Obs: você pode preparar e/ou sovar essa massa a mão ou usando qualquer batedeira que tenha acessório para massas pesadas (ou o acessório de massas do processador), no entanto, a maioria delas não terá força para trabalhar a massa, portanto comece batendo e, à medida que vai acrescentando mais farinha, você pode parar e terminar o processo a mão mesmo. Como é uma massa que precisa de muita sova, quanto mais ajuda melhor. Eu usei uma planetária com o acessório do gancho (massas pesadas) mas só faça isso se você achar que a sua vai aguentar (a minha aguenta pouco tempo de sova).

Caso vá sovar na batedeira: você vai deixar batendo por 6 a 7 minutos (deixei 4 minutos porque a minha batedeira não pareceu aguentar muito), até que a massa forme uma bola. Se a massa estiver extremamente grudenta, vá acrescentando uma colher de farinha de trigo aos poucos, lembrando que a massa deve ficar um pouco grudenta no toque, quanto menos farinha, melhor.
Caso vá sovar na mão: você irá sovar por 10 minutos, acrescentando um pouco de farinha para não grudar nas mãos, lembrando que à medida que se sova ela vai ficando menos grudenta (quanto menos farinha você puder usar, melhor).

Cubra a tigela e deixe a massa descansar por 10 minutos, se estiver usando o fermento biológico instantâneo. Caso esteja usando o fermento biológico seco, deixe crescer por cerca de 1 hora, até que dobre de tamanho. Unte com um pouco de manteiga um refratário ou assadeira quadrada (usei uma de 22 cm). Passado o tempo de descanso da massa, transfira-a para uma bancada polvilhada com um pouquinho de farinha. Ela deve estar elástica e um pouco grudenta. Achate-a com as mãos, formando um retângulo alto, e marque um jogo da velha, separando-a em 9 pedaços (ou 12 pedaços, caso queira os pãezinhos menores).
Em cada pedaço de massa, modele os pãezinhos puxando as pontas para baixo e formando a bolinha na palma da sua mão. Transfira cada bolinha para a assadeira preparada, deixando um espaço entre as bolinhas, para que elas cresçam. Cubra com um pano e deixe crescer até dobrar de tamanho, cerca de 1 hora a 1 hora e meia (os meus cresceram em 45 minutos, mas era um dia bem quente).

Enquanto os pães crescem, é hora de fazer a cobertura de manteiga. Usando um pilão, bata bem o alecrim e o alho, liberando os sabores. [No meu caso, não fiz no pilão: passei o alho no espremedor de alho e juntei com o alecrim, amassando este com um garfo, misturando bem os dois.] Junte a manteiga e misture. Deixe descansando pelo mesmo tempo em que a massa cresce. Faltando uns 15 minutos para a massa estar pronta, preaqueça o forno em 180°.
Quando a massa crescer, leve a manteiga temperada ao microondas por 15 a 30 segundos, para intensificar o sabor e facilitar na hora de pincelar os pães. Pincele-os generosamente com a manteiga temperada, com cuidado para não cair muito alecrim sobre os pães. Salpique por cima cristais de flor de sal ou sal marinho. Leve ao forno para assar por cerca de 20 minutos (o meu ficou mais um tempo), até que cresça e fique bronzeado. Minha sugestão é servir com manteiga ou algum queijo branco fresco.

Fonte: Kayotic Kitchen.

Anúncios

16 comentários sobre “Pãezinhos Amanteigados de Alho e Alecrim

  1. Amei seus pãezinhos! São super fofos e devem ser uma delícia de sabores. Concordo com você, passando pelos blogs e sites de culinária, há tanta coisa boa, para além de ficar com fome (rsrs) fico pensando que nunca vou conseguir fazer tudo o que queria.
    Um beijinho.

  2. Luna, que delícia. estou terminando meu jardim de temperos, mas os alecrins já disseram a que veio. vou tentar fazer sua receita, oxalá fiquem tão bonitos. abraços.

    • Que legal, Wair! Eu já tentei ter um alecrim aqui em casa, mas o coitado não aguentou por muito tempo pois em uma certa época do ano o sol não bate em lugar nenhum do apartamento. Estou torcendo aqui pelo seu jardim! 😀 Abração!

  3. Eu também sou assim,Luna. Fico louca com tantas opções delicosas para experimentar ! A solução é ir testando aos pouquinhos.Como esse pão, que já me deu vontade de ir para a cozinha, pois meu pé de alecrim, com essa chuva está lindo.
    Bj,
    Lylia

    • Ai, Lylia, deve estar lindo mesmo! Queria tanto que desse certo um jardim de temperos aqui no meu apartamento, mas infelizmente até agora não encontrei saída. Beijos!!!

    • Exatamente, Lica, a pessoa que criou a receita achou melhor usar só o perfume do alecrim pois geralmente ele queima muito no forno. ;D Beijos!

  4. Nossa Luna esses pãezinhos devem ficar um arraso!!! Amooo pão, alho e alecrim, acho que não sobreviverei se não testar essa receita! hahahaha Farei no fim de semana ! 😉 Lindos!!! Beijos Tereza

    • Tereza, não tem como não ficar bom, não é? A combinação é incrível! ;D Vem me contar depois se você gostou! Beijo!

  5. Você tem toda razão, são tantas receitas maravilhosas, que muitas vezes ficamos tontas com o número de boas opções…assim, acontecem com esses pãezinhos e para mim que sou apaixonada por eles, é difícil resistir!!
    Bj…e pode continuar aumentando nossa lista!rs…

Obrigada pela visita! Deixe um comentário e responderei aqui mesmo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s