0

Waffles salgados de cebolinha [sem glúten e sem lactose]

390
Eu sempre gostei de brincar com receitas alternativas, mas nos últimos tempos elas se tornaram o padrão na minha dieta depois de um problema de saúde que me apareceu. Mas não estou reclamando: tenho me virado bem e estes waffles deliciosos já fazem parte do meu dia a dia. Eles podem ser feitos de inúmeras maneiras, mas essa versão é a que, pra mim, fica perfeita tanto em textura como em sabor e eu recomendo fortemente que façam (quem não tem máquina de waffles pode tentar fazer em formato de panqueca na frigideira, pode ser que dê certo).
A cebolinha fica suave e por dentro fica com a textura de pão de queijo. Vocês podem variar no uso de farinhas também, mas não dispensem a fécula de mandioca pois ela faz diferença.

Ingredientes:
3 ovos
200 ml de leite de coco (ou outro leite vegetal)
100 ml de água
200 g de batata doce cozida (pode ser mandioquinha, abóbora…)
1 maço de cebolinha (talo e folhas)
1 colher (chá) de sal
200 g de fécula de batata
1/2 xícara de fécula de mandioca
1/4 a 1/2 xícara de farinha de arroz
1 colher (chá) de fermento

Bata no liqüidificador os ovos, o leite de coco, a água, a batata doce e a cebolinha. Transfira para uma tigela grande, acrescente o sal, as féculas e a farinha de arroz (dê o ponto com a farinha de arroz, vá colocando aos poucos e observe se precisa de mais). A textura deve ser como qualquer massa de panqueca e waffle, um pouquinho grossa, mas ainda com a aparência um pouco líquida. Asse os waffles conforme sua máquina. Na minha eles assam por 5 minutos. Rende cerca de 8 waffles em waffleira grande. Sirva com sua pasta preferida, fica ótimo com pasta de beringela.

Anúncios
4

Muffins de blueberries [sem glúten e sem lactose]

389b
Essa receita me surpreendeu tanto que resolvi postá-la aqui. É a comprovação de que certas receitas “alternativas” podem ser mais saborosas que as convencionais. A massa ficou extremamente macia. Não sei como seria com outros tipos de farinha sem glúten, mas gostei muito do resultado.

Ingredientes:
1 e 1/2 xícara de farinha sem glúten (usei Mix Dolci, da Schar)
2 colheres (chá) rasas de fermento em pó (sem glúten)
1/2 xícara de açúcar
1/4 de xícara de óleo vegetal
2 ovos grandes
1/2 xícara de leite de coco (ou outro leite vegetal)
1/2 colher (chá) de extrato de baunilha
3/4 de xícara de blueberries frescos (ou descongelados)

Misture a farinha com o fermento e o açúcar numa tigela grande e reserve. Em outra tigela, misture os ovos com o leite, o óleo e a baunilha, misturando bem. Agora misture tudo grosseiramente e acrescente as blueberries, sem bater a massa, apenas incorporando tudo. Distribua a massa em 8 forminhas de muffin e leve para assar em forno preaquecido em 180º por 20 a 25 minutos.

Fonte: baseada nessa receita.

18

Muffins Veganos de Banana e Manteiga de Amendoim

Já faz um tempo que não apareço e peço desculpas pelo sumiço, mas quem acompanha o blog já deve estar acostumado. Ultimamente estou sem disposição para cozinhar e ao mesmo tempo querendo perder uns quilos, então basicamente isso tem me deixado longe. Mas aqui e ali tenho vontade de fazer alguma coisa e como esses muffins acabaram de sair do meu forno, vim aqui contar pra vocês como eles são gostosos.
Minha receita preferida de Muffin de Banana é uma que já faço há um tempo e na maioria das vezes eu a preparo sem ovo porque realmente não faz falta na textura e no sabor: a linhaça substitui muito bem, ainda mais naqueles dias que você descobre que não tem ovo em casa. Já estes muffins não ficaram nem um pouco atrás e a manteiga de amendoim acrescentou mais maciez ainda à massa.

Ingredientes (8 muffins):
1 colher (sopa) de semente de linhaça triturada
1/2 colher (chá) de chia (opcional)
3 colheres (sopa) de água

2 bananas maduras
2 colheres (sopa) bem cheias de manteiga de amendoim (de preferência sem sal)
50 g de manteiga sem sal derretida (ou 1/4 de xícara de óleo vegetal para versão vegana)
1/2 xícara de açúcar

1 xícara de farinha de trigo
1/2 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
Canela em pó para polvilhar

Preaqueça o forno em 180º. Separe de 8 a 10 forminhas de papel numa assadeira de muffins. Numa tigela pequena, misture a semente de linhaça e a chia com a água e deixe descansar por uns 10 minutos, ou até que a mistura fique gelatinosa, semelhante a um ovo. Reserve. Em outra tigela, misture a farinha de trigo, o fermento e o bicarbonato e reserve também.
Despeje a manteiga derretida (ou óleo vegetal) numa tigela grande e misture-a com o açúcar, a manteiga de amendoim, a mistura de linhaça e a banana, usando um fouet ou garfo. Adicione a mistura de farinha e incorpore com uma espátula ou colher, sem bater a massa ou misturar demais. Distribua a massa nas forminhas, polvilhe com um pouquinho de canela e asse por 15 a 25 minutos (os meus assaram em 20 minutos). Deixe esfriar um pouco na assadeira e depois numa grade.

Fonte: Baseado nesta receita.

14

Muffins Baklava

Desculpem o sumiço por aqui, a cozinha está meio parada esses dias mas hoje quis dividir com vocês essa receita da Pat, que aliás foi a primeira receita que ela publicou em seu blog. Para aqueles que querem fugir um pouco do chocolate nesta Páscoa, um muffin com recheio especial de canela e nozes, com um aroma absurdo e delicioso! Desejo um lindo feriado a todos!

Ingredientes:
Recheio:
1/2 xícara de nozes picadas
1/3 de xícara de açúcar
1 e 1/2 colher (chá) de canela em pó
42 g (3 colheres de sopa) de manteiga sem sal, derretida

Massa:
1 xícara + 7 colheres (sopa) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/4 de xícara de açúcar
1 ovo grande
42 g (3 colheres de sopa) de manteiga sem sal, derretida
3/4 de xícara de iogurte natural (1 potinho de 170 g)
1/3 de xícara de leite desnatado

Cobertura:
Cerca de 1/2 xícara de mel (não usei)

Preaqueça o forno em 200º. Prepare uma forma de muffins com 12 forminhas de papel (se quiser os muffins maiores, faça apenas 10). Misture todos os ingredientes do recheio e reserve.
Numa tigela grande, misture a farinha, o fermento, o bicarbonato e o açúcar. Em outra tigela misture o ovo, o iogurte, o leite e a manteiga (eu bati rapidamente com um fouet até ficar homogêneo). Despeje a mistura sobre os ingredientes secos e incorpore com uma espátula apenas para misturar, sem bater, deixando a massa grosseira.
Despeje um pouco de massa em cada forminha, distribua o recheio e complete com o restante da massa. Leve para assar por cerca de 25 minutos. Retire do forno e pincele com um pouco de mel (não fiz).

Fonte: Technicolor Kitchen.

8

Waffle Integral com Cobertura de Maçã Caramelizada

Ultimamente estou numa fase em que tudo que compro tenho que fazer valer. Afinal, livros são para ler, filmes são para assistir, roupas são para usar, maquiagem é para enfeitar o rosto, e não a penteadeira. Nada de produtos encostados: se comprou, tem que usar! Essa atitude me faz pensar melhor antes de consumir sem necessidade e até melhora os hábitos do cotidiano, pois estimula a organização.
Nesse espírito, eu procuro sempre usar os utensílios de cozinha que tendem a ficar guardados, como é o caso da máquina de waffle. Vou procurar testar mais receitas para utilizá-la, inclusive.
Para começar, uma receita antiga que tenho e nunca havia testado. Ela é indicada para quem tem máquina para waffles mais baixinhos, assim ficam mais crocantes. Mesmo assim, tentei com a minha, que é para waffles maiores, e ficaram bons. Esse waffle tem predominância salgada, mas combina bem com qualquer tipo de cobertura. Ficou ótimo com manteiga, como se fosse um pãozinho, e também ficou ótimo com essa cobertura de maçãs. Aliás, a cobertura roubou a cena e é uma ótima sugestão para panquecas também.

Waffles Salgados Integrais (com fermento biológico)
Ingredientes:
1/2 xícara de água morna
10 g (1 envelope) de fermento biológico seco
2 xícaras de leite morno
1/4 de xícara de óleo ou manteiga derretida (usei óleo de girassol)
1/2 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de mel
1 xícara de farinha de trigo integral fina*
1 e 1/2 xícara de farinha de trigo branca
2 ovos ligeiramente batidos

Numa vasilha grande, misture a água e o fermento. Deixe descansar por 10 minutos em lugar protegido. Junte o leite, a manteiga ou óleo, o sal e o mel. Acrescente a farinha de trigo e os ovos e misture bem (a mistura é mole – no entanto eu acrescentei um pouquinho mais de trigo porque minha máquina faz waffles grandes). Deixe crescer em lugar protegido de correntes de ar por uns 15 a 20 minutos (a textura fica mais grossa). Cozinhe num aparelho de waffles quente, untado com óleo. Sirva com a cobertura de sua preferência.

*Na receita original é usada apenas farinha de trigo integral (2 xícaras). Ajuste conforme seu gosto.

Cobertura de Maçã Caramelizada
Ingredientes:
3 maçãs cortadas em cubinhos (ou pêras ou outra fruta de sua preferência)
1/2 xícara de mel ou glucose de milho (Karo)
1 colher (chá) de manteiga
1 pitada de canela em pó

Misture todos os ingredientes numa panela pequena e aqueça, mexendo de vez em quando, até que a mistura reduza e caramelize levemente, formando uma calda dourada em volta das maçãs. Sirva morna sobre panquecas ou waffles. Você pode preparar com antecedência e manter na geladeira por alguns dias, aquecendo na hora de servir.

Fonte: Recorte antigo de revista sem referência.

7

Muffins de Granola


Lá venho eu com mais uma do Feast. Mas é que o livro tem tanta coisa boa e o programa Feasts acaba me levando a procurar as receitas com mais detalhes. Estes muffins são um ótimo destino àquela granola que já perdeu o seu frescor. E como estou num momento Nigella podem esperar mais receitas (e mais vídeos) dela no futuro.

Ingredientes:
225 g de farinha de trigo
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/4 de colher (chá) de sal
250 ml de iogurte (originalmente buttermilk)
1 ovo
175 g de açúcar mascavo
80 ml de óleo vegetal
250 g de granola

Preaqueça o forno em 200°. Prepare uma forma de muffins com 12 forminhas. Misture a farinha, o bicarbonato e o sal numa tigela. Em outra tigela misture com um fouet o iogurte, o ovo, o açúcar e o óleo, até que fique homogêneo. Despeje essa mistura sobre a mistura de farinha, juntando tudo ligeiramente, com uma espátula, deixando a massa encaroçada. Acrescente a granola e misture apenas para incorporar, sem bater demais a massa. Distribua nas forminhas e leve para assar por cerca de 25 minutos: eles devem estar bem bronzeados.

Fonte: Feast: Food that celebrates life – Nigella Lawson.

15

Muffins de Blueberries e Baunilha [Massa Básica]


Sempre que encontro blueberries pra vender eu já penso logo em muffins. É uma limitação minha, mas eu não resisto. Adoro quando as frutinhas explodem no forno e ‘sangram’ a massa. Esta é uma receita antiga da Valentina que me serve sempre que quero um muffin perfeito pois ela é básica para qualquer coisa que você quiser usar: gotas de chocolate, passas, cranberries secas, castanhas, raspas de limão ou laranja… Além disso, a textura dela fica bem macia, parecida com a de bolo. Dessa vez, além das blueberries, usei meia fava de baunilha, gosto muito dessa combinação. Como a Valentina sugere, você pode misturar os secos no dia anterior e numa manhã de final de semana prepará-los para o café.

Ingredientes:
200 g farinha de trigo
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
2 colheres de chá de fermento em pó
75 g de açúcar
Pitada de sal
75 g manteiga sem sal
100 g de iogurte gelado
100 ml de leite desnatado
1/2 fava de baunilha (opcional)
1 ovo grande
200 g de blueberries (costumo polvilhar com uma 1 colher (chá) de farinha de trigo para as frutas não descerem na massa)

Preaqueça o forno em 180°. Prepare a forma de muffins com 9-10 forminhas. Separe duas tigelas: uma para os secos (grande), outra para os líquidos. Junte os secos e reserve. Numa panelinha, derreta a manteiga e despeje-a na tigela dos líquidos para esfriar. Na mesma panela, ferva levemente o leite com a baunilha (fava e sementes). Descarte a fava (pode ser usada posteriormente para fazer açúcar de baunilha) e junte o leite à manteiga. Se não for usar a baunilha, é só juntar o leite normalmente, sem ferver. Acrescente o iogurte para ajudar a esfriar e só então adicione o ovo, batendo com um fouet, apenas para misturar tudo. Derrame os líquidos sobre os secos e misture com um garfo apenas para combinar tudo, deixando a massa encaroçada, própria do muffin. É uma massa pastosa, mais densa que a de bolo. Incorpore as blueberries (ou outro ingrediente que queira usar) com uma espátula e distribua a massa nas forminhas (você pode usar uma ice-cream scoop para medir as porções). Asse por 20 minutos ou até ficarem dourados.

Fonte: Trem Bom.

14

Bolo de Banana e Chocolate [também com versão sem glúten e sem lactose]

Esse é o bolo ideal para aproveitar aquelas 2 bananas que sobram na fruteira e ninguém quer mais. Extremamente macio, cheiroso e saboroso e incrivelmente fácil de fazer, sem necessidade de batedeira ou mesmo liquidificador. É uma massa típica de muffin, então pode ser assada em forminhas, caso queira (atente apenas para o tempo de forno, que deve diminuir).
Como essa receita já foi muito publicada (mais um sinal de que é boa), deixo aqui as quantidades de meia receita, que acho mais adequada pra mim.

Ingredientes:
125 g de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
65 g de manteiga sem sal derretida
125 g de açúcar
2 bananas prata maduras amassadas
1 ovo
1/2 colher (chá) de baunilha
90 g de chocolate meio amargo picado

Ingredientes (versão sem glúten e sem lactose):
125 g de farinha sem glúten (já usei a Mix Dolci, da Schar, mas 100 g de farinha de arroz + 25 g de amido de milho é a mesma coisa)
1 colher (chá) de fermento em pó
65 g de óleo vegetal
125 g de açúcar
2 bananas pratas maduras amassadas
1 ovo
1/2 colher (chá) de baunilha
80 g de chocolate amargo sem leite picado (uso uma barra de chocolate vegetal Chokolah, 62%)

Numa tigela grande, peneire a farinha e o fermento. Junte o chocolate, misture um pouco e reserve. Noutra tigela, misture o açúcar, a banana, o ovo, a baunilha e a manteiga (ou óleo) já derretida. Despeje sobre a farinha reservada e junte tudo grosseiramente, apenas para que fique misturado. Leve ao forno preaquecido (180°) numa fôrma de 10cmx20cm (forma inglês pequena) por cerca de 40 minutos, ou até que fique bem dourado e passe no teste do palito. Deixe esfriar por 5 minutos na forma para então desenformar e esfriar sobre grade.

Fonte: Technicolor Kitchen e Feijão no Prato.

20

Loaf de Frutas Amanteigado


Ter um plano traçado é útil e prático. Mas deixar as coisas ao acaso de vez em quando pode ser bem interessante pra vida, ainda que arriscado e romântico. Quase nada arriscado se for uma simples receita escolhida ao acaso abrindo um livro delicioso da Donna Hay. E pra provar como às vezes o destino pode ser bondoso, é um bolo extremamente simples e prático de fazer, com uma textura macia, melhor que muitos bolos que precisam de batedeira, e ainda por cima eu tinha adquirido recentemente uma fôrma pequena ideal para a receita.
O original é feito com tâmaras e pecãs, mas você pode usar quaisquer tipos de frutas secas. Caso não tenha a fôrma desse tamanho, vale a pena dobrar a receita, pois é um loaf bem pequeno.

Ingredientes:
1 e 1/2 xícara de farinha de trigo
1 e 1/2 colher (chá) de fermento em pó
2/3 de xícara de açúcar refinado (usei cristal)
1/2 xícara de cranberries secas
1/2 xícara de uvas passas
1/2 xícara de castanhas-do-Pará picadas grosseiramente
125 g de manteiga
1/4 de xícara de leite
2 ovos

Preaqueça o forno em 160° (baixo). Numa vasilha grande, peneire a farinha e o fermento. Adicione o açúcar, as frutas e a castanha e misture tudo. Reserve.
Leve a manteiga e o leite ao fogo apenas para derreter. Adicione tudo à mistura de farinha, juntamente com os ovos e mexa até que esteja homogêneo (não precisa bater ou misturar demais).
Despeje a massa numa fôrma de 10cmx20cm (forma inglês pequena) e asse por cerca de 1 hora e 15 minutos ou até que passe no teste do palito (o meu assou em 1 hora e 5 minutos). Deixe esfriar por 5 minutos na forma.

Fonte: Modern Classics, Book 2 – Donna Hay.

27

Muffins de Mirtilos [Blueberries]


Essa receita do Simply Recipes já rodou bastante pelos blogs, mas a primeira vez que a vi foi no Cinara’s Place. Não pensava tão cedo em encontrar mirtilos por aqui, e muito menos frescos, mas acredito que por conta do Natal alguém arriscou trazê-los para esta terra quente. Embora eu tivesse muita curiosidade em experimentar estas frutas, no fundo achava que não ia gostar, como aconteceu com o Vitor. Mas não é que adorei? E nesses muffins super macios ainda ficaram mais especiais.

Ingredientes:
1 e 1/2 xícara de farinha de trigo
1/2 colher (sopa) de fermento em pó
1/4 de colher (chá) de bicarbonato
1/4 de colher (chá) de sal
70 g de manteiga amolecida
1/2 xícara (chá) de açúcar
1 ovo
1 pote (180 g) de iogurte natural
1/2 colher (chá) de raspas de limão
3/4 de xícara (chá) de mirtilos frescos ou descongelados
1 colher (sopa) de farinha de trigo* para enfarinhar as frutas

Preaqueça o forno a 190°. Numa vasilha, misture a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal. Reserve. Despeje a colher de farinha* num prato e passe os mirtilos nela para que fiquem bem cobertos. Passe por uma peneira para tirar o excesso de farinha e reserve.
Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar até ficar fofo e esbranquiçado. Adicione o ovo e bata bem. Junte as raspas de limão e bata bem novamente. Vá acrescentando a mistura de trigo aos poucos, alternando com o iogurte, batendo apenas o suficiente para incorporar a cada vez, sem bater demais. Incorpore as frutas na massa e leve a mistura para assar em 10-12 forminhas de muffin, até dourar, o que leva uns 20 minutos. Deixe esfriar nas forminhas por 5 minutos e depois leve os muffins para esfriar por completo numa grelha.

Fonte: Cinara’s Place.