29

Bolo Vitrola e Encontro com a Cinara


Quinta-feira passada encontrei mais uma vez minha querida amiga Cinara, que estava de férias aqui em Fortaleza. Foi muito bom, como sempre ela me mata de rir! Adorei encontrar você e sua família novamente, Ci! 😀

Já no domingo teve comemoração do aniversário do Ric, e fiz um bolo no formato de um toca-discos (ele é fã de discos de vinil) e até que ficou bonitinho pra ser o meu primeiro bolo de pasta americana.

Anúncios
20

Sorteio do Livro


Hoje tive um fim de tarde super agradável na casa da querida Socorro Acioli, onde realizamos o sorteio do Sopa de Letras e demos risadas com amigos e sua família, numa mesa super linda de chá que ela preparou. Além disso, ainda fuçamos a estante de livros dela, afinal, pra combinar com o evento tínhamos mesmo que misturar comida e literatura!


Infelizmente não preparamos nenhuma das receitas que participaram do evento por uma simples questão de conveniência, ou porque não cabiam num chá da tarde, ou por limitação de tempo e ingredientes, ou porque eu não estou podendo comer chocolate etc. Mas espero poder preparar depois o que eu estava programando e não deu certo.


De dentro da panelinha do Ratatouille, a Borboletinha da Socorro escolheu o papelzinho sorteado! O mais legal era que ela queria que todos os participantes ganhassem, uma gracinha!


Agora a Nereime, do Tempo de Purim, vai receber em casa um lindo livro e o resto da história ela que vai contar… ;D

17

Do Quiche ao Da Cachaça pro Vinho


Imagina alguém fazer um jantar baseado em receitinhas publicadas no seu blog? Foi o que aconteceu na quarta passada na casa do Eduardo Luz, não é bacana? Foi o 7° Interblogs DCPV, um evento que combina cardápios sugeridos por um blogueiro de comida e as já clássicas sugestões de vinho para acompanhá-los. Além do presente acima pude conferir todo o resultado no blog do Eduardo, tudo muito caprichado e lindo, fiquei com vontade de estar neste jantar! Adorei participar, o Eduardo é muito organizado, fez várias perguntas pra que tudo ficasse o mais fiel possível ao que eu já tinha feito, e pude sentir a gentileza até dos amigos que costumam estar nos eventos.
Ah, e ainda tem participação especial das amigas blogueiras que comentaram as receitas, olha só!
Aproveite e passeie pelo blog Da Cachaça pro Vinho para ver as outras edições do evento. 😀

35

Amigo Secreto 2007 – O Segredo de Hannah


Já comentei aqui que esse amigo secreto dos blogueiros de comida está sendo super divertido devido às mensagens que todos postam no grupo e que todos recebem em suas caixas de entrada. Ontem à noite, por exemplo, a conversa ia de marcas de máquina de pão a glacê para biscoitos. Apesar da diferença de fuso horário ter formado grupos específicos, a interação foi (está sendo) grande. Além disso, os presentes carinhosos vão chegando e a cada pacotinho que chega, uma surpresa para todos. Eis aqui a minha surpresa agora compartilhada com o resto do grupo.
Eu não resisti a tentar adivinhar quem era a tal Hannah. Afinal, como ela disse estar muito atarefada, eu podia eliminar várias pessoas da lista, já que muitas participavam ativamente das mensagens de grupo e eu me encontrava, portanto, no grupo das traumatizadas: as que não recebiam muitas mensagens da amiga. Além disso, ficou claro que ela morava no Brasil. Mas foi o jeitinho emocional dela escrever que me deu a certeza: era a Heidi, do Coisas Simples.
Quando a caixinha chegou eu estava de saída para um casamento e só abri na volta. Fiquei emocionada com o carinho com que ela embalou tudo, os lacinhos, os detalhes… E ainda por cima parecia que ela me conhecia, porque os presentes são a minha cara, adorei tudo. Vejam detalhes:

Um conjuntinho de porcelana japonesa a coisa mais fofa do mundo, com a paleta de cores do Quiche de Macaxeira. Um potinho de cremor de tártaro, que foi meu pedido, já que eu não encontro em lugar nenhum.

Um kit de utensílios super úteis, um cortador de maçã (que o Ric tomou como presente dele) e uma espátula e um pincel de silicone, lindos. Um cartão e uma cartinha super carinhosa e perfumada.

E as guloseimas: biscoitos de arroz (deliciosos) e gateaus de chocolate (divinos)!!! Digam-me, se não fui sortuda?

Heidi, mais uma vez obrigada por tudo, você mesmo sem tempo se dedicou tanto e escolheu tudo com cuidado. Que você receba em dobro da sua amiga secreta o carinho que enviou pra mim!

23

Pavê de Morango e Nutella


Fui convidada para uma noite de pizza na casa de amigos e resolvi improvisar uma sobremesa com morangos pra levar. Infelizmente não ficou bem como eu queria, até que ontem tentei novamente, com algumas alterações, e ficou perfeita. É apenas um pavê comum, mas fica a sugestão para aproveitar a temporada de morangos.
Aproveito para agradecer ao Daniel e à Cibele pelas fantásticas pizzas da sexta-feira, cuja receita é secretíssima. Infelizmente, entre as fotos que tiramos não tinha nenhuma das pizzas prontas pra mostrar aqui, pois na hora de comer ninguém lembrou de foto.

Ingredientes:
400 g de morangos frescos
1 colher (sopa) de vinho tinto
2 latas de leite condensado
1 colher (sopa) de manteiga
1 lata de creme de leite (sem o soro)
2 colheres (sopa) de geléia de morango
2 caixas de biscoito champagne (180 g cada)
Leite para umedecer os biscoitos
1 vidro de Nutella

Esmague ligeiramente os morangos com um garfo e deixe-os numa vasilha com o vinho por alguns minutos, enquanto prepara o primeiro creme. Leve ao fogo baixo o leite condensado com a manteiga e mexa até engrossar e soltar da panela. Desligue o fogo e acrescente a mistura de morango. Misture bem e deixe esfriar. Agora faça o segundo creme: bata numa vasilha o creme de leite com a geléia até ficar homogêneo. Ponha um pouco de leite num prato fundo e vá umedecendo os biscoitos e arrumando-os numa travessa retangular, formando a base. Por cima despeje o creme de morangos. Mais uma camada de biscoitos umedecidos e por cima o creme com geléia. Finalize com uma camada de Nutella, distribuída com um bico de confeitar ou da forma que preferir. Leve ao freezer até ficar consistente.

24

Madeleines de Flor de Laranjeira

Quando ganhei as forminhas de madeleines da Valentina, pus-me a procurar receitas de todo tipo, mas quis começar com as mais tradicionais possíveis, pra entender melhor esses “bolinhos pequenos e cheios chamados madalenas e que parecem moldados na valva estriada de uma concha de São Tiago*”. Pois bem, elas são realmente especiais, não só no formato quanto no sabor e aroma, que exala por toda a casa enquanto assam. É como comer uma nuvenzinha de bolo! Escolhi uma receita da própria Valentina, com a diferença de que ela usou água de rosas e eu fiz com água de flor de laranjeira, ingrediente usado nas receitas mais tradicionais, pelo que pude perceber. O legal é que a receita deu exata para a quantidade de forminhas: e mesmo usando outras receitas, como ela é de silicone, dá pra fazer várias fornadas, sem precisar untar! Dêem uma olhada nas fotos para verem como são lindos meus presentes!

*Michel Proust – No Caminho de Swann.

Ingredientes:
50 g de manteiga sem sal
1 ovo grande
40 g de açúcar
Pitada de sal
45 g de farinha de trigo
1 colher (chá) de água de flor de laranjeira (ou água de rosas)
Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Derreta a manteiga em temperatura baixa e deixe esfriar. Bata os ovos, o açúcar e o sal por aproximadamente 5 minutos – a consistência deve ser de maionese. Peneire a farinha de trigo por sobre a massa e misture tudo, levemente, com uma colher de pau (ou com uma bela espátula vinda da Inglaterra):

Usando um pouquinho da manteiga derretida, unte as formas de madeleine e o resto incorpore à massa. Acrescente também a água de flor de laranjeira e mexa tudo delicadamente. Cubra a tigela com filme plástico e ponha na geladeira por 1 hora. Quando retirar da geladeira deixe em temperatura ambiente por 30 minutos. Enquanto isso, esquente o forno em temperatura de 220°.

Divida a massa entre as formas. Não encha demais as conchinhas pois crescem muito. O tempo no forno é de aproximadamente 5 minutos para forminhas pequenas, as minhas demoraram uns 15 minutos. Fique de olho. Retire e deixe esfriar numa grelha. Polvilhe com açúcar de confeiteiro antes de servir. Rendeu exatamente 9 madeleines, mas segundo a Valentina, rende mais de 40 mini-madeleines.

Fonte: Trem Bom.

16

Encontro com a Cinara


Eu conheci a Cinara! Como todos sabem, a Cinara está a passeio em Fortaleza e encontrei com ela e sua família (marido, filho, irmão e cunhada) num restaurante mexicano. A foto acima é apenas ilustrativa pois esqueci de levar minha câmera! Que vergonha. Foi uma noite muito agradável pra mim e meu marido e adorei conhecer essas pessoas maravilhosas. A Cinara é exatamente como imaginei, super divertida e atenciosa, uma fofa. Quase não falamos sobre os blogs e sobre comida porque a prosa tomou outros rumos, mas trocamos lembrancinhas e a promessa de repetir o encontro um dia. Mas não esperem que ela comente algo logo pois nesse momento ela deve estar tomando sol em alguma praia por aqui…

16

Presentes da Akemi

É uma grande sensação abrir uma caixa cheia de coisinhas vindas do outro lado do mundo enviadas por uma moça muito linda. Diga se esse avental não é uma fofura? Esse só vai pra cozinha pra fazer tipo pras visitas. 🙂
Akemi, você diz que foram apenas humildes lembranças, mas nem imagina como adorei tudo. Meu marido quis comer tudo de uma vez, imagina! Obrigada mais uma vez!

22

Muffins de Chocolate [Presentes da Cinara]

Hoje de manhã recebi um pacotinho lindo da querida amiga Cinara que, com sua atenção desmedida me enviou coisinhas que não acho na minha cidade. Claro que não resisti e tive que estrear as gotinhas e as forminhas na mesma hora, com uma receita do blog dela, há muito guardada e ideal para a ocasião. Esses muffins são deliciosos, é claro, e tem que fazer duas receitas pra dar conta porque acaba em segundos mesmo.

Ci, você é uma fofa e sabe que amei demais os mimos e vou usar tudo morrendo de pena de gastar!

Ingredientes:
250 g (1 e 3/4 de xícara) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
2 colheres (sopa) de cacau em pó ou chocolate em pó
175 g (3/4 de xícara) de açúcar
1 pitada de sal
150 g (3/4 de xícara) de gotas de chocolate meio-amargo, mais 1/4 de xícara para decorar
250 ml (1 xícara) de leite
90 ml (1/3 xícara mais duas colheres (chá)) de óleo (usei de girassol)
1 ovo
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Preaqueça o forno a 200°. Em uma tigela, misture a farinha, o fermento, o bicarbonato, o chocolate em pó, o açúcar e o sal. À parte, misture o leite, o óleo, o ovo e a baunilha. Acrescente os ingredientes líquidos aos secos de uma só vez. Misture apenas até incorporar, lembrando que a massa de muffins deve ficar “empelotada” mesmo. Misture as gotas de chocolate à massa. Encha forminhas de muffin até 2/3 da capacidade. Distribua as gotas restantes por cima da massa, e asse por 15 ou 20 minutos, fazendo o teste do palito. Rende 12 muffins.

Fonte: Cinara’s Place.

27

Somos Notícia no Ceará


CLIQUE PARA AMPLIAR

Fiquei muito feliz com a matéria feita pelo jornalista Laécio Ricardo, do Diário do Nordeste, sobre as blogueiras de culinária. Algumas meninas não apareceram nos depoimentos, mas pelo menos vários links foram citados, os quais levarão também aos blogs que não apareceram. A única coisa que fiquei chateada foi o fato do nome da Valentina ter saído errado na parte em que fala das cearenses. De qualquer forma, espero que todas tenham gostado e acho que foi uma forma legal de divulgar nossos blogs e principalmente mostrar o quanto nossa interação vale a pena.
A imagem de cima eu digitalizei um pouco apressada, mas acho que dá pra ler, fiz uma colagem porque a coluna é página dupla.
Já estou aqui colocando várias cópias nos envelopes para mandar pra quem me passou o endereço, vou esperar até a hora de ir pro correio por quem não enviou ainda. Detalhe: o de alguém vai meio amassado, por conta do Mael (com a patinha sobre detalhe que saiu na capa):

Pra quem quiser ler online, clique aqui, aqui e aqui.