18

Muffins Veganos de Banana e Manteiga de Amendoim

Já faz um tempo que não apareço e peço desculpas pelo sumiço, mas quem acompanha o blog já deve estar acostumado. Ultimamente estou sem disposição para cozinhar e ao mesmo tempo querendo perder uns quilos, então basicamente isso tem me deixado longe. Mas aqui e ali tenho vontade de fazer alguma coisa e como esses muffins acabaram de sair do meu forno, vim aqui contar pra vocês como eles são gostosos.
Minha receita preferida de Muffin de Banana é uma que já faço há um tempo e na maioria das vezes eu a preparo sem ovo porque realmente não faz falta na textura e no sabor: a linhaça substitui muito bem, ainda mais naqueles dias que você descobre que não tem ovo em casa. Já estes muffins não ficaram nem um pouco atrás e a manteiga de amendoim acrescentou mais maciez ainda à massa.

Ingredientes (8 muffins):
1 colher (sopa) de semente de linhaça triturada
1/2 colher (chá) de chia (opcional)
3 colheres (sopa) de água

2 bananas maduras
2 colheres (sopa) bem cheias de manteiga de amendoim (de preferência sem sal)
50 g de manteiga sem sal derretida (ou 1/4 de xícara de óleo vegetal para versão vegana)
1/2 xícara de açúcar

1 xícara de farinha de trigo
1/2 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
Canela em pó para polvilhar

Preaqueça o forno em 180º. Separe de 8 a 10 forminhas de papel numa assadeira de muffins. Numa tigela pequena, misture a semente de linhaça e a chia com a água e deixe descansar por uns 10 minutos, ou até que a mistura fique gelatinosa, semelhante a um ovo. Reserve. Em outra tigela, misture a farinha de trigo, o fermento e o bicarbonato e reserve também.
Despeje a manteiga derretida (ou óleo vegetal) numa tigela grande e misture-a com o açúcar, a manteiga de amendoim, a mistura de linhaça e a banana, usando um fouet ou garfo. Adicione a mistura de farinha e incorpore com uma espátula ou colher, sem bater a massa ou misturar demais. Distribua a massa nas forminhas, polvilhe com um pouquinho de canela e asse por 15 a 25 minutos (os meus assaram em 20 minutos). Deixe esfriar um pouco na assadeira e depois numa grade.

Fonte: Baseado nesta receita.

Anúncios
20

Bolo Integral de Banana com Castanha e Chocolate

Todo mundo sabe que tudo que é fácil de gostar é também mais fácil de enjoar, mas existe o outro lado da moeda: aquelas coisas mais difíceis, com que temos que nos acostumar, podem se tornar até um vício, só é preciso ter paciência, pois elas geralmente valem o esforço. Comigo foi assim em relação a muitos alimentos, entre eles a farinha integral, quase como aquela pessoa com quem você não vai muito com a cara e de repente se torna sua melhor amiga.
Se quiser preparar esta receita com farinha refinada, não há problemas, mas eu garanto que a intenção aqui não é apenas ser mais saudável: neste caso existe um benefício em sabor e textura que irá agradar até aqueles que não curtem os integrais, pois a banana garante o aroma e a maciez do bolo, e a castanha e o chocolate coroam tudo com uma cobertura crocante, fazendo com que você passe do acostumar para o gostar numa simples mordida.

Ingredientes:
100 g (1/2 xícara) de manteiga sem sal em temperatura ambiente
1 e 1/2 xícara de açúcar (se quiser menos doce, use apenas 1 xícara)
2 ovos
3 bananas prata bem maduras, amassadas ou picadas
1/3 de xícara de leite
1/2 colher (chá) de vinagre
2 xícaras de farinha de trigo integral
2 colheres (sopa) de amido de milho (opcional, deixa a massa mais leve)
1 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
1 colher (chá) de extrato ou essência de baunilha
1/2 xícara de castanha-do-Pará ou outra castanha picada
130-150 g de chocolate picado

Misture o leite e o vinagre e deixe reservado, descansando por cerca de 20 minutos, que é o tempo em que você vai separando os outros ingredientes e começando a receita (ele deve talhar e engrossar um pouco). Unte bem uma assadeira grande retangular (32cm x 22cm, eu usei uma de 38cm x 26cm, por isso o meu bolo ficou baixinho) com manteiga. Preaqueça o forno em 180°. Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar e os ovos, por cerca de 3 minutos. Junte as bananas e bata mais um pouco. Adicione a metade da farinha de trigo e misture bem. Agora junte o leite talhado e a baunilha, misturando. Adicione o restante da farinha de trigo, bem como o amido de milho, o bicarbonato, o sal e o fermento e incorpore tudo para que fique homogêneo. Distribua a massa na assadeira uniformemente e despeje por cima a castanha e o chocolate, cobrindo a massa. Leve para assar por 20 a 30 minutos, até que passe no teste do palito e fique dourado (o meu assou em 22 minutos, pois minha assadeira era grande). Deixe esfriar um pouco antes de cortar em quadrados.

Fonte: Adaptado de um recorte antigo.

14

Suflê de Banana

Depois de fazer os panetones, eu precisava aproveitar algumas claras e bananas e preparei esse suflê. Bem simples, gostoso, mas nada demais. Como eu deixei as claras passarem um pouco do ponto, a receita rendeu muito e o sabor da banana ficou um tanto fraco. Apesar disso, ficaram bem altos. Numa próxima vez, eu apelaria para uns pedacinhos de chocolate na hora de incorporar, só pra salientar mais o sabor da fruta.

Ingredientes:
2 bananas maduras
3 colheres (sopa) de água
1/3 de xícara + 1 colher (sopa) de açúcar
4 claras
Pitada de sal
Pitada de canela

Separe alguns ramequins para os suflês. A receita pede 4 unidades, mas no meu caso o suflê rendeu muito e usei o dobro. Unte-os com manteiga (pode polvilhar com açúcar, mas não fiz).

Preaqueça o forno em 200°. Processe ou amasse bem as bananas até virar um purê liso. Numa panelinha, misture 1/3 de xícara de açúcar com a água e leve para ferver. Baixe o fogo e deixe cozinhar por uns 4 minutos ou até engrossar e o açúcar dissolver. Junte a banana e a canela a essa calda e mexa só até incorporar. Reserve para que esfrie totalmente.

Bata as claras com o sal até espumar. Junte a colher de açúcar restante e bata até formar picos moles (as minhas ficaram um pouco mais firmes, talvez por isso renderam mais). Incorpore a mistura de banana nas claras em neve. Distribua nos ramequins untados e arrume-os numa assadeira. Leve para assar e imediatamente baixe o forno para 180°. Asse por 10 a 15 minutos ou até que fiquem altos e levemente dourados.

Fonte: Sugarlaws.

14

Bolo de Banana e Chocolate [também com versão sem glúten e sem lactose]

Esse é o bolo ideal para aproveitar aquelas 2 bananas que sobram na fruteira e ninguém quer mais. Extremamente macio, cheiroso e saboroso e incrivelmente fácil de fazer, sem necessidade de batedeira ou mesmo liquidificador. É uma massa típica de muffin, então pode ser assada em forminhas, caso queira (atente apenas para o tempo de forno, que deve diminuir).
Como essa receita já foi muito publicada (mais um sinal de que é boa), deixo aqui as quantidades de meia receita, que acho mais adequada pra mim.

Ingredientes:
125 g de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
65 g de manteiga sem sal derretida
125 g de açúcar
2 bananas prata maduras amassadas
1 ovo
1/2 colher (chá) de baunilha
90 g de chocolate meio amargo picado

Ingredientes (versão sem glúten e sem lactose):
125 g de farinha sem glúten (já usei a Mix Dolci, da Schar, mas 100 g de farinha de arroz + 25 g de amido de milho é a mesma coisa)
1 colher (chá) de fermento em pó
65 g de óleo vegetal
125 g de açúcar
2 bananas pratas maduras amassadas
1 ovo
1/2 colher (chá) de baunilha
80 g de chocolate amargo sem leite picado (uso uma barra de chocolate vegetal Chokolah, 62%)

Numa tigela grande, peneire a farinha e o fermento. Junte o chocolate, misture um pouco e reserve. Noutra tigela, misture o açúcar, a banana, o ovo, a baunilha e a manteiga (ou óleo) já derretida. Despeje sobre a farinha reservada e junte tudo grosseiramente, apenas para que fique misturado. Leve ao forno preaquecido (180°) numa fôrma de 10cmx20cm (forma inglês pequena) por cerca de 40 minutos, ou até que fique bem dourado e passe no teste do palito. Deixe esfriar por 5 minutos na forma para então desenformar e esfriar sobre grade.

Fonte: Technicolor Kitchen e Feijão no Prato.

12

Bolo de Banana, Aveia e Castanha-do-Pará


Apesar de ser uma daquelas receitas de aproveitar bananas, esse bolo é bem diferente, nutritivo e não leva farinha de trigo. Ele tem um aspecto meio natureba, e de certa forma é mesmo, mas não é pesado ou sem graça: fica bem gostoso e acredito que ficaria melhor ainda com as passas, que eu não tinha em casa. A castanha-do-pará pode ser substituída por qualquer outra castanha.

Ingredientes:
3 bananas bem maduras
2 ovos
1/2 xícara de óleo
1 xícara de farinha de aveia (usei farelo de aveia)
1 xícara de açúcar mascavo
1/2 xícara de castanha-do-pará triturada (mais um pouquinho para polvilhar a forma)
1 colher de sopa de fermento em pó
Uvas passas a gosto (não usei)

Bata no liquidificador as bananas, os ovos e o óleo. Continue batendo e adicione a aveia, o açúcar mascavo e as castanhas-do-pará. Despeje a massa numa tigela e adicione o fermento em pó. Incorpore as uvas passas.
Unte uma forma pequena de buraco no meio com manteiga ou margarina e polvilhe com castanhas-do-pará trituradas. Despeje a massa com cuidado e leve ao forno pré-aquecido a 180-200° por cerca de 30 minutos (o meu assou exatamente nesse tempo). Dá pra fazer o teste do palito, mas mesmo assim ele é um bolo úmido. Contudo, o meu ficou com um aspecto mais sequinho do que o da receita original.

Fonte: Entre Panelas.

14

Bolo de Banana, Mel e Cardamomo [Sour Cream]

Mais uma com o cardamomo para o Colher de Tacho. É uma receita bem simples que achei numa busca pela internet (site desativado). Foi uma surpresa boa, pois não esperava muito. O fato é que o bolo ficou muito bom e não só pelo cardamomo, mas pelas banana chips, que eu até pensei em não usar e acabou dando um sabor e crocância indispensáveis. A maneira de preparo é muito semelhante à de muffins, portanto se alguém se arriscar nessa, fica a sugestão de fazer nesse formato, com as bananas chips no topo, acredito que ficaria ótimo.
A receita poderia ter canela no lugar do cardamomo para aqueles que não conseguem encontrá-lo de jeito nenhum. Apesar do cardamomo dar um aroma e “tempero” ao bolo sem igual, acho que a receita poderia encontrar outras versões, pois o bolo fica muito macio e suave, com o docinho leve do mel.

Ingredientes:
2 bananas médias, não muito maduras, descascadas
110 g de mel
15 bagos de cardamomo (verde)
250 g de farinha de trigo com fermento (não tinha, adicionei 1 e 1/2 colher de chá de fermento em pó)
175 g de manteiga
75 g de açúcar
2 ovos grandes batidos
2 colheres (sopa) de sour cream* (veja abaixo)
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
Cerca de 60 g de banana chips

Preaqueça o forno em 170°. Unte bem uma forma quadrada de 18 cm (usei uma retangular pequena), forre com papel manteiga e unte por cima do papel. Numa tigela grande, peneire a farinha, o bicarbonato e o sal. Reserve. Esmague os bagos de cardamomo, descartando as cascas e passando as sementes num pilão ou algo do tipo. Reserve também.
Coloque a manteiga, o açúcar e o mel numa panela e leve ao fogo baixo até a manteiga derreter, o açúcar dissolver e o mel ficar líquido. Retire do fogo. Junte a esta mistura as bananas já bem amassadas e mexa bem. Adicione os ovos e o sour cream, depois o cardamomo e a mistura de farinha. Misture ligeiramente os ingredientes (não precisa bater muito). Coloque a massa na assadeira e sobre ela distribua algumas banana chips em fileiras. Asse por cerca de 50 minutos, ou até passar no teste do palito. Deixe esfriar na forma por 15 minutos antes de desenformar.

*Sour Cream
(opção 1): Coloque 1 colher (sopa) de sumo de limão numa xícara de 240 ml e complete com iogurte.
(opção 2): Misture 250 ml de creme de leite fresco com 1 colher (sopa) de sumo de limão numa tigela de vidro por 10 a 30 minutos em temperatura ambiente até engrossar. Se não for usar na hora, guarde na geladeira.
Outras opções para sour cream aqui.

Fonte: Recipes of Diocese of Oxford (site desativado).

28

Muffins de Banana


Eu não esperava que fossem, mas com certeza foram os melhores muffins que já fiz até agora. Primeiro porque a textura passou longe de ser a de um bolinho, isto é, são muffins mesmo, quase pãezinhos. Segundo porque saíram deliciosos, divinos, quando tudo que eu queria era apenas aproveitar umas bananas.
Além disso, foi a primeira receita que testei de um livro muito fofo que comprei: Afternoon Tea [Molly Perham]. O livro é um charme, fica em pé na página da receita e pode ser lido indo e voltando, com uma só receita em cada página.

Ele traz apenas receitas referentes ao chá da tarde britânico: sanduíches, salgados, tortinhas, cookies, muffins, brownies, scones, pães, loafs, geléias, barrinhas, bolos… e todas lindas e com fotos. Outra vantagem é que as quantidades vêm em diversas unidades de medida, não sendo necessário ficar fazendo contas. Não vi uma receita ruim, tenho vontade de fazer todas. Esse vai para a Estante.

Ingredientes:
225 g (2 xícaras) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
1/2 colher (chá) de canela em pó
1/2 colher (chá) de noz-moscada
3 bananas grandes maduras
1 ovo
1/4 de xícara (50 g) de açúcar mascavo escuro
1/4 de xícara (50 ml) de óleo vegetal
1/4 de xícara (40 g) de passas pretas

Preaqueça o forno em 190°. Unte 12 forminhas de muffins. Misture numa vasilha a farinha, o fermento, o bicarbonato, o sal, a canela e a noz-moscada. Reserve. Descasque as bananas e com a batedeira amasse-as bem. Acrescente o ovo, o açúcar e o óleo e continue batendo até misturar bem. Adicione a mistura seca de farinha e misture com uma espátula ou garfo (a receita pede pra continuar na batedeira em velocidade baixa) apenas para incorporar, sem se preocupar em deixar empelotado. Junte as passas e incorpore ligeiramente. Encha 2/3 de cada forminha com a massa e leve para assar por cerca de 20-25 minutos, mas fique atenta, os meus assaram em 15 minutos. Eles estarão prontos quando você apertá-los em cima e a massa voltar, como se fosse um travesseiro (se não quiser fazer isso, faça o teste do palito). Deixe que esfriem sobre grelha ou faça como eu: devore alguns ainda quentinhos.

Fonte: Afternoon Tea – Molly Perham.

12

Bolo Mesclado de Banana e Chocolate


Nunca havia feito um bolo com bananas, mas é uma ótima maneira de aproveitá-las, já que sempre acontece de algumas ficarem maduras demais na fruteira. A primeira coisa que pensei foi em procurar a receita no blog da Akemi, que é especialista em usar banana nas receitas, e escolhi essa, pela praticidade. A única coisa que fiz diferente foi não acrescentar chocolate à massa toda, e sim a 1/3 dela, para mesclar um pouco, pois queria sentir como era o sabor com e sem o chocolate. Não sei se usei bananas demais, fiquei em dúvida se a textura ficou correta, da próxima vez usarei menos bananas, pois achei o bolo úmido demais e ele demorou muito para assar. Também não usei o açúcar mascavo porque achei que ia interferir no colorido do mesclado. O sabor, no entanto, é muito bom, mas recomendado apenas para quem aprecia a fruta, pois fica bem pronunciado.

Ingredientes:
2 xícaras de farinha de rosca do tipo panko (usei da comum)
2 xícaras de açúcar (a Akemi usou mascavo claro)
1 xícara de óleo
4 ovos médios
2 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 colher (sopa) de fermento em pó
4 a 5 bananas nanicas bem maduras (usei bananas maçã)

Preaqueça o forno a 180°. Unte e enfarinhe com farinha de rosca uma forma ou forre com papel manteiga. Bata o óleo, os ovos e as bananas no liquidificador. Misture a farinha com o açúcar e o fermento numa tigela grande. Junte a mistura do liquidificador e mexa bem com colher de pau. Acrescente o chocolate à massa toda ou se quiser mesclar, a uma parte da massa. Despeje na forma e leve ao forno para assar por cerca de 30 minutos ou faça o teste do palito.

Fonte: Pecado da Gula.