20

Loaf de Frutas Amanteigado


Ter um plano traçado é útil e prático. Mas deixar as coisas ao acaso de vez em quando pode ser bem interessante pra vida, ainda que arriscado e romântico. Quase nada arriscado se for uma simples receita escolhida ao acaso abrindo um livro delicioso da Donna Hay. E pra provar como às vezes o destino pode ser bondoso, é um bolo extremamente simples e prático de fazer, com uma textura macia, melhor que muitos bolos que precisam de batedeira, e ainda por cima eu tinha adquirido recentemente uma fôrma pequena ideal para a receita.
O original é feito com tâmaras e pecãs, mas você pode usar quaisquer tipos de frutas secas. Caso não tenha a fôrma desse tamanho, vale a pena dobrar a receita, pois é um loaf bem pequeno.

Ingredientes:
1 e 1/2 xícara de farinha de trigo
1 e 1/2 colher (chá) de fermento em pó
2/3 de xícara de açúcar refinado (usei cristal)
1/2 xícara de cranberries secas
1/2 xícara de uvas passas
1/2 xícara de castanhas-do-Pará picadas grosseiramente
125 g de manteiga
1/4 de xícara de leite
2 ovos

Preaqueça o forno em 160° (baixo). Numa vasilha grande, peneire a farinha e o fermento. Adicione o açúcar, as frutas e a castanha e misture tudo. Reserve.
Leve a manteiga e o leite ao fogo apenas para derreter. Adicione tudo à mistura de farinha, juntamente com os ovos e mexa até que esteja homogêneo (não precisa bater ou misturar demais).
Despeje a massa numa fôrma de 10cmx20cm (forma inglês pequena) e asse por cerca de 1 hora e 15 minutos ou até que passe no teste do palito (o meu assou em 1 hora e 5 minutos). Deixe esfriar por 5 minutos na forma.

Fonte: Modern Classics, Book 2 – Donna Hay.

Anúncios
11

Sorvete de Chocolate Branco


Essa receita tem se repetido aqui em casa por conta de um estoque grande de chocolate branco. E fez tanto sucesso que rendeu duas belas histórias com uma amiga minha. Dessa vez eu acrescentei licor de laranja e cranberries secas, as quais por surpresa encontrei pra vender aqui no último natal. Fica bem cremoso. Eu tenho uma certa preguiça de fazer sorvetes com essa etapa de fazer um creme antes, mas no final vale muito a pena.

Ingredientes:
220 g de chocolate branco picado (usei um pouco mais)
1 xícara de leite integral
2/3 de xícara de açúcar
pitada de sal
5 gemas de ovos grandes
2 xícaras de creme de leite (ou 2 caixinhas)

Opcionais:
100 g de chocolate branco picado se quiser acrescentar no final (como dessa vez usei cranberries, usei menos)
1/2 xícara de cranberries secas molhadas em 2 colheres (sopa) de Cointreau

Numa vasilha grande reserve o chocolate picado e ponha uma peneira por cima. Numa panela, esquente o leite, o açúcar e o sal. Numa outra tigela, bata bem as gemas com um fouet. Vá juntando o leite quente bem devagar às gemas, mexendo sempre e volte tudo para a panela, mexendo até engrossar. Jogue a mistura quente sobre a peneira, deixando cair sobre o chocolate. Misture tudo até que o chocolate derreta e depois acrescente o creme de leite. A receita pede que esfrie tudo num banho-maria gelado, mas pulei essa etapa e levei a mistura para a geladeira. Depois de gelada, é só passar para a sorveteira, mas desconfio que fica bom também sem ela, levando direto para o freezer.

Fonte: Amanda’s Cooking.

12

Cookies de Chocolate, Cranberry e Nozes


Ultimamente tenho ganhado muitos presentes bacanas. É como se o Natal tivesse chegado mais cedo, e eu confesso que adoro ganhar presentes, especialmente se eu noto que foram pensados com carinho. Um deles foi um cookie scoop, de amigos que agora estão morando longe. Com estes cookies já pude inaugurá-lo: é bem legal poder fazer todos ficarem do mesmo tamanho. A receita é mais uma do Feast, da Nigella, num daqueles casos em que você descobre o livro bem tempo depois de ter comprado.

Ingredientes:
140 g de farinha de trigo
1/2 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de sal
75 g de aveia em flocos
125 g de manteiga sem sal amolecida
75 g de açúcar mascavo
100 g de açúcar cristal
1 ovo
1/2 colher (chá) de extrato de baunilha
75 g de cranberries secas
50 g de pecãs picadas grosseiramente (usei nozes comuns)
140 g de gotas de chocolate branco (usei 70 g de gotas de meio-amargo e 70 g de chocolate branco picado)

Preaqueça o forno em 180°. Misture o trigo, o fermento, o sal e a aveia numa tigela e reserve. Bata a manteiga com os açúcares numa batedeira até ficar cremoso. Adicione o ovo e a baunilha e bata mais um pouco.
Acrescente agora a mistura de trigo e aveia e bata apenas para misturar tudo. Incorpore as cranberries, as nozes e o chocolate e leve essa massa para a geladeira por cerca de 10-15 minutos. Prepare duas assadeiras grandes (untadas ou forradas com papel manteiga ou silpat) e distribua bolinhas da massa, com a ajuda de uma colher de sopa ou um cookie scoop. Asse por 15 minutos ou até ficarem levemente dourados. Nessa hora eles ainda estarão moles, portanto deixe-os descansarem por 5 minutos na assadeira, fora do forno. O ideal é que eles terminem de esfriar sobre uma grade. Rende cerca de 30 biscoitos.

Fonte: Feast: Food that celebrates life – Nigella Lawson.

15

Trufas de Chocolate Branco, Cranberry e Cointreau


Não sei se isso é só comigo, mas já aconteceu várias vezes de eu adivinhar um sabor antes de experimentá-lo, isto é, de imaginar que gosto tem uma coisa e acabar sendo exatamente como eu pensei. Foi assim, por exemplo, com o maple syrup, e agora, com as cranberries secas. Quando as vi nesta trufa da Pat, fiquei encantada pela cor, pois adoro esse tom de vermelho, e imaginei como elas seriam, já sabendo que ia gostar. Só não imaginei que tão cedo eu teria a oportunidade de desvendar o mistério.
Preparei apenas metade da receita porque o consumo ia ser só meu e do Ric; coloco aqui as medidas que usei. A única alteração que fiz foi usar leite em pó no lugar do açúcar de confeiteiro, por medo de ficar muito doce e pelo leite ter um sabor parecido com o do chocolate branco. Acho que nem preciso dizer que ficaram deliciosas, preciso?

Ingredientes:
160 g de chocolate branco
2 colheres (sopa) de creme de leite fresco (usei de caixinha)
1 colher (sopa rasa) de Cointreau ou outro licor de laranja
1/4 de xícara de cranberries secas, bem picadinhas
1/2 colher (chá) de raspas de casca de laranja
3 colheres (sopa) de leite em pó para finalizar (a Pat usou açúcar de confeiteiro)

Derreta o chocolate em banho-maria. Acrescente o creme de leite ao chocolate (se usar o creme fresco gelado, aqueça-o um pouco antes), ainda em banho-maria, e misture bem. Retire do fogo, adicione o Cointreau, as cranberries e as raspas de laranja e bata bem – o chocolate vai ficar com aparência de talhado quando você adicionar o licor; não se preocupe. Apenas bata bem até ficar brilhante novamente.
Cubra e leve à geladeira até firmar (4 horas ou de véspera). Retire a mistura da geladeira uns 10 minutos antes de enrolar as trufas.
Com a ajuda de 2 colheres (pode ser de chá ou de sobremesa, dependendo do tamanho da trufa), faça bolinhas com a massa e passe-as pelo leite em pó (ou açúcar de confeiteiro). Leve à geladeira novamente para firmar. Rendimento: 8-12 trufas.

Fonte: Technicolor Kitchen.

30

Sanduíche Quente de Peru, Brie e Geléia


As sobras do peru de Natal sempre desafiam. Engraçado é que nunca entendi muito bem porque no Natal as pessoas exageram tanto na comida. Parece-me que tem uma questão mais simbólica de fartura do que mesmo fome ou bocas para comer. Aqui em casa houve uma pequena ceia de Natal de última hora: peru, tender, arroz e Quiche de Macaxeira. Mesmo assim sobrou muita comida. Não existe fome que dê jeito numa ceia de Natal, por mais simples que ela seja. Mas… as sobras do peru rendem frutos e aqui renderam um Creme de Peru, que a Karen tentou; uma Farofa, com bastante cebola roxa e azeitonas; e por fim este sanduíche, que eu estou com vontade de fazer desde o Dia de Ação de Graças, quando a Nicole postou esta idéia para as sobras de peru. Delícia.

Ingredientes (em quantidades a gosto):
Carne de peru em fatias ou desfiada
Geléia de cranberry (usei de blueberry)
Queijo Brie
Pão Ciabatta (usei pão de forma)
Em um lado do pão espalhe a geléia. Na outra metade, uma fatia de Brie. No meio faça uma camada com a carne de peru e feche o sanduíche. Leve para tostar numa sanduicheira ou grill de duas chapas, ou mesmo numa frigideira, trabalhando os dois lados, até que o queijo derreta e o pão fique dourado. Sirva imediatamente.

Fonte: Baking Bites.