10

Nhoque de Batata

Mal a Eliana posta sua receita de nhoque e eu já corro para a cozinha prepará-la, afinal hoje é um dia 29 especial e eu estava desejando um bom nhoque há meses. Essa massa é daquelas que derretem na boca e facílima de fazer, recomendo inclusive para iniciantes na cozinha. Não pude fazer o molho recomendado por ela porque não tinha sálvia em casa, mas improvisei com um molho de tomate comprado pronto, temperado com alho bem fresco e manjericão.

Ingredientes:
600 g de batatas
1 gema
1 colher (sobremesa) de manteiga
2 colheres (chá) de sal
3/4 xícara (chá) de farinha de trigo (e mais um pouco para enfarinhar)

Cozinhe as batatas (como eu estava com pressa, descasquei antes e cortei em pedaços médios para cozinhar mais rápido) e passe-as pelo espremedor ou amasse-as com um garfo. Deixe esfriar um pouco (uns 10 minutos na geladeira ajudam). Enquanto isso coloque uma panela com bastante água no fogo para ferver. Quando a batata esfriar, junte o sal, a manteiga e a gema. Misture bem e adicione a farinha de trigo até incorporar tudo.
Numa bancada bem enfarinhada vá fazendo cobrinhas com a massa, com a ajuda das mãos. Corte para que forme os nhoques e vá separando-os numa superfície com farinha de trigo para que não grudem uns nos outros. Cozinhe na água fervente. Eles estarão prontos quando vierem à tona, é bem rápido. Vá retirando os que ficarem prontos. Sirva com o molho de sua preferência e bastante parmesão ralado.

Fonte: Feijão no Prato.

14

Bolo de Banana e Chocolate [também com versão sem glúten e sem lactose]

Esse é o bolo ideal para aproveitar aquelas 2 bananas que sobram na fruteira e ninguém quer mais. Extremamente macio, cheiroso e saboroso e incrivelmente fácil de fazer, sem necessidade de batedeira ou mesmo liquidificador. É uma massa típica de muffin, então pode ser assada em forminhas, caso queira (atente apenas para o tempo de forno, que deve diminuir).
Como essa receita já foi muito publicada (mais um sinal de que é boa), deixo aqui as quantidades de meia receita, que acho mais adequada pra mim.

Ingredientes:
125 g de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
65 g de manteiga sem sal derretida
125 g de açúcar
2 bananas prata maduras amassadas
1 ovo
1/2 colher (chá) de baunilha
90 g de chocolate meio amargo picado

Ingredientes (versão sem glúten e sem lactose):
125 g de farinha sem glúten (já usei a Mix Dolci, da Schar, mas 100 g de farinha de arroz + 25 g de amido de milho é a mesma coisa)
1 colher (chá) de fermento em pó
65 g de óleo vegetal
125 g de açúcar
2 bananas pratas maduras amassadas
1 ovo
1/2 colher (chá) de baunilha
80 g de chocolate amargo sem leite picado (uso uma barra de chocolate vegetal Chokolah, 62%)

Numa tigela grande, peneire a farinha e o fermento. Junte o chocolate, misture um pouco e reserve. Noutra tigela, misture o açúcar, a banana, o ovo, a baunilha e a manteiga (ou óleo) já derretida. Despeje sobre a farinha reservada e junte tudo grosseiramente, apenas para que fique misturado. Leve ao forno preaquecido (180°) numa fôrma de 10cmx20cm (forma inglês pequena) por cerca de 40 minutos, ou até que fique bem dourado e passe no teste do palito. Deixe esfriar por 5 minutos na forma para então desenformar e esfriar sobre grade.

Fonte: Technicolor Kitchen e Feijão no Prato.

31

Bolo de Cuscuz da Lica


Sabe aqueles bolos que você tem que se segurar pra não comer o terceiro pedaço? Esse é um deles. Acrescentei apenas umas raspas de tangerina à massa e deu um perfume e sabor bem marcantes, gostei muito.

Ingredientes (xícara de 200 ml):
4 ovos
1 xícara de leite
3/4 de xícara de óleo de milho (usei de girassol)
1 e 1/2 xícara de açúcar
4 colheres (sopa) de queijo ralado
50 g de coco ralado
1 e 1/2 xícara de farinha de milho
Raspas de uma tangerina (opcional)
1 colher (sopa) de fermento em pó

Coloque todos os ingredientes no liquidificador (com exceção do fermento e das raspas) na sequência acima e bata até ficar homogêneo. Despeje a massa numa vasilha e incorpore delicadamente o fermento e as raspas. Leve para assar em forno médio preaquecido (180°), numa assadeira untada com bastante manteiga até que fique bem dourado e passe no teste do palito (usei uma assadeira pequena redonda, levou uns 40 minutos para assar no meio).

Fonte: Feijão no Prato.

14

Torta de Frango com Massa de Iogurte


Essa torta da Lica já é um sucesso, e hoje eu comprovei e aprovei. Fiz para levar para a casa da minha querida tia Anaudira, onde encontramos alguns amigos e todos gostaram, não sobrou migalha. A massa é muito boa, vou ficar viciada nela, mas na próxima vou acrescentar mais um pouquinho de sal. O recheio original é com palmito, do qual não sou muito fã, mas eu substituí por frango e champignon e ficou delicioso. A foto não ficou boa, mas garanto que a receita é ótima, é só comprovar com a foto da Eliana.

Ingredientes:
Massa:
2 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
150 g de manteiga ou margarina
180 g de iogurte natural
1 colher (chá) de sal
1 gema para pincelar

Recheio
3 colheres (sopa) de azeite
1 cebola picada
1 tomate inteiro picado
200 g de frango cozido desfiado
180 g de cogumelos picados
1/2 xícara (chá) de azeitonas picadas
1 lata de ervilha (usei 1 xícara de ervilha congelada)
1/2 xícara (chá) de salsa e cebolinha picadinha
220 g de requeijão cremoso
1 colher (sopa) de farinha de trigo
Sal e pimenta a gosto

Comece preparando o recheio, que deve ser utilizado frio. Aqueça numa panela o azeite e refogue a cebola só até ficar transparente (não é para dourar), junte o tomate e deixe criar um caldinho no refogado. Adicione o frango, a ervilha, o cogumelo, as azeitonas, o sal e a pimenta e deixe cozinhar por alguns minutos. Acrescente o requeijão cremoso, a salsa, a cebolinha e a farinha de trigo e mexa. Deixe cozinhar por mais alguns minutinhos: fica com textura de creme. Transfira para outra vasilha e deixe esfriar completamente.
Para a massa, Coloque 2 xícaras da farinha de trigo num recipiente e junte a manteiga ou margarina, sal e o iogurte. Misture com as mãos (nesse momento, se for necessário, utilize a 1/2 xícara de farinha que sobrou – eu usei só um pouco). A massa não gruda nas mãos mas é úmida. Deixe descansar por 20 minutos tampada com um pano ou filme plástico. A seguir polvilhe com farinha de trigo um saco plástico aberto, coloque metade da massa, polvilhe um pouco e cubra com outro saco plástico aberto. Com o auxílio de um rolo, abra a massa. O ideal é que não fique grossa. Cubra o fundo e as laterais de uma assadeira de 22 cm de aro removível (pode ser feita num refratário ou assadeira comum) e coloque o recheio frio. Abra o restante da massa seguindo o mesmo processo e cubra a torta com uma roda de massa ou fazendo uma grade. Pincele com a gema e leve ao forno a 180°, por cerca de 20-30 minutos, até dourar.

Fonte: Feijão no Prato.

18

Torta de Abóbora

Assim como a farofa da Patricia, essa torta da Eliana ficou martelando na minha cabeça até eu comprar uma abóbora e fazê-la. E ela correspondeu exatamente à minha fantasia, realmente uma delícia, inclusive o toque da Eliana com a pimentinha e a salsa foram de mestre. A minha não ficou tão amarelinho queimado (ou seja, cor de abóbora) como a da Eliana, acho que a minha moranga estava um pouco desbotada, mas o sabor estava demais.
Na hora de fazer a massa achei estranho não ter sal e coloquei uma colher de chá. Depois lembrei que tinha caldo salgado na receita, mas já era tarde. O bom é que não danificou a torta, pelo menos pra mim, que sou muito chegada num salzinho, mas é bom ter cuidado.

Ingredientes:
1 xícara de leite
1 xícara de óleo
3 ovos
2 envelopes de caldo de legumes em pó (originalmente de carne)
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
500 g de abóbora (jerimum) cozida no vapor*
200 g de mozarela em fatias
1 pimenta dedo de moça
2 colheres (sopa) de salsinha picadinha

*Se você cozinhar a abóbora na água deixe escorrer bem numa peneira antes de amassar.

Bata no liquidificador o leite, o óleo, os ovos e o caldo. Acrescente aos poucos a farinha de trigo e por último, o fermento. Bata até que fique homogêneo. Transfira a mistura para um recipiente e junte a abóbora amassada com um garfo, pimenta picadinha e a salsinha. Coloque metade da massa em uma assadeira (usei de 24 cm) untada e enfarinhada. Disponha as fatias de mozarela e cubra com o restante da massa. Leve ao forno preaquecido por aproximadamente 35 minutos.

Fonte: Sabores da Lica.