0

Sopa de Tomate e Arroz da Nigella

Essa receita da Nigella fica entre um risoto e uma sopa e é muito prática e saborosa. Conheci através da Eliana, em seu antigo blog, há bons 10 anos atrás.

1 xícara (chá) de arroz basmati (funciona com arroz comum também)
1 lata de tomate pelado
3 xícaras de água ou caldo de legumes
1 cebola pequena picada
1 dente de alho picado
3 colheres (sopa) de azeite
Sal e pimenta a gosto
Parmesão ralado para polvilhar

Refogue a cebola e o alho no azeite. Junte o tomate e mexa bem para que os pedaços fiquem menores. Acrescente o arroz, a água e o sal e mexa de vez em quando, até que o arroz fique cozido. Sirva quente com azeite e parmesão ralado.

Anúncios
20

Tomates Assados no Vinagre Balsâmico

Preparo esses tomates constantemente, quase toda semana. Guardo em um recipiente com um pouco de azeite de oliva e duram bastante na geladeira, assim eu posso usá-los em massas, tortas, saladas, risotos e o que mais aparecer. Com esses tomates eu preparei essa torta e essa salada, por exemplo.
Uma versão dessa receita já foi publicada aqui, mas eu costumava fazer de maneira diferente, então resolvi atualizá-la para quem sempre me pergunta como faço. Não costumo usar alho no preparo porque gosto que eles fiquem mais versáteis, para que combinem com tudo, mas se quiser você pode acrescentar ou seguir o preparo de tomates confit da Dani ou do Vitor. A Patricia também recentemente publicou um espaguete com tomates assados que parece incrível. Minha versão é um pouco mais doce, levemente caramelizada, e minha maneira preferida de saboreá-los é numa bruschetta com bastante parmesão.

Ingredientes*:
1 caixinha de tomates-cereja vermelhos
1 caixinha de tomates-cereja amarelos
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
3-4 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto
Ervas a gosto, secas ou frescas (costumo usar manjericão e manjerona)
Azeite de oliva extra-virgem

*As quantidades são apenas aproximadas, use a quantidade de tomates que você preferir e tempere a seu gosto. Você pode usar bem menos açúcar, por exemplo, ou usar outro tipo de vinagre.

Preaqueça o forno em 180°. Corte os tomates ao meio no sentido do comprimento e arrume-os numa assadeira, com o lado cortado pra cima. Se sua assadeira não for anti-aderente, forre-a antes com papel alumínio. Tempere os tomates com os demais ingredientes e leve para assar por cerca de 40 ou 50 minutos, até que fiquem macios e os sucos tenham evaporado, deixando apenas um molhinho escuro. Apague o fogo e deixem esfriar dentro do forno, para que sequem mais um pouco. Guarde num recipiente e cubra a superfície dos tomates com um pouco de azeite de oliva extra-virgem. Conserve em geladeira.

22

Torta de Abóbora com Queijo e Tomates


Preciso deixar bem claro que a massa dessa torta é sensacional, tanto em textura como em sabor. O preparo dela é semelhante ao de um bolo, o que talvez não seja muito prático pra algumas pessoas, mas acredite que vale a pena usar a batedeira numa receita salgada. Acabei esquecendo de usar o leite dessa vez, mas fez pouca ou nenhuma diferença.
Ao dizer que a massa é deliciosa, não quero diminuir o papel do recheio, afinal o queijo com tomates refogados no alho também ficou incrível, mas se você quiser tentar a versão original com carne de sol e cebola, fique à vontade.
Quero dedicar essa torta à minha amiga Akemi, do Pecado da Gula, um dos meus blogs preferidos, que comemora 6 anos essa semana e que está recebendo pratos para a comemoração. Espero que goste, querida! Parabéns!


Acredito que agora esteja tudo certo, mas caso haja algum problema com os comentários, me avisem nas postagens anteriores!

Ingredientes:
Massa:
250 g de manteiga
4 gemas
4 claras em neve
50 de queijo parmesão ralado
400 g de abóbora cozida e amassada em consistência de purê
100 ml de leite (não usei)
250 g de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
Pitada de sal (ou a gosto)

Recheio:
1 dente de alho picado ou espremido
1 colher (sopa) de azeite
1 pimentão vermelho sem pele picado
200 g de tomates assados ou tomate seco a gosto picado
100 g de queijo coalho ralado (ou outro queijo de sua preferência)
200 g de creme de leite
Sal e pimenta a gosto, se necessário

Para o recheio, refogue ligeiramente o alho e o pimentão no azeite. Apague o fogo e junte os tomates, o queijo e o creme de leite, misturando tudo. Os tomates assados ou os tomates secos já são temperados, portanto teste o tempero e verifique se precisa de sal e pimenta. Reserve para esfriar enquanto prepara a massa.
Preaqueça o forno em 180°. Unte e polvilhe uma assadeira ou refratário (usei um refratário médio, de 28×18 cm). Na batedeira, bata a manteiga com as gemas e o parmesão por 10 minutos. Acrescente a abóbora, o leite, a farinha de trigo, o sal e o fermento e misture. Com uma espátula, incorpore, com cuidado, as claras em neve. Despeje metade da massa no refratário, distribua o recheio por cima e cubra com a outra metade. Se desejar, polvilhe queijo (não fiz). Leve para assar por 22 a 30 minutos (até que doure e passe no teste do palito).

Fonte: Adaptada de uma receita do Curso de Confeitaria do Senac.

23

Batatas de Aeroporto


Por mais que eu more numa cidade muito quente, eu sempre prefiro comida de inverno: sopas, assados, sorvetes encorpados, saladas mornas. Talvez seja uma questão de agradar mais a alma do que o corpo, não sei. O fato é que à noite – o horário em que eu mais gosto de comer – eu gosto de preparar algo assim como essas batatas, algo que envolva legumes, um forno quente e um toque italiano. É a segunda vez que preparo essa receita publicada pela Valentina há uns 3 anos atrás. Deliciosa, não precisa de nada além de um bom pão para acompanhar.

Ingredientes:
1 kg de batatas descascadas
1 colher (sopa) de óleo vegetal
Sal e pimenta-do-reino moída na hora
1 lata (400 g) de tomate pelado picado
2 colheres (sopa) de azeite de oliva extra-virgem
2 dentes de alho picados
1/2 colher (chá) de orégano desidratado
2 colheres de sopa de salsinha picada (usei salsinha desidratada)
200g de tomates cereja (usei 4 tomates tipo italianos)
1 colher (sopa) de alcaparras (usei 8 azeitonas picadas)
4 ou 5 talos de cebolinha picados*
Farelo de pão e Parmesão ralado a gosto*

*Acrescentei para enriquecer o prato, não estão na receita original. Retire o parmesão para uma versão vegana.

Preaqueça o forno em temperatura de 190°. Corte as batatas em fatias bem finas. Unte uma assadeira grande com o óleo e espalhe a batata pela forma, forrando-a. Derrame 250 ml de água, tempere com sal e pimenta-do-reino e cubra a assadeira com papel alumínio. Leve ao forno por 30 minutos.
Enquanto as batatas estiverem assando, coloque o tomate em lata numa tigela, juntamente com o azeite extra-virgem, as azeitonas, o alho, a cebolinha, o orégano, metade da salsinha, sal e pimenta-do-reino moída na hora. Reserve.
Após os 30 minutos das batatas no forno, retire o papel alumínio e derrame a mistura de tomate sobre as batatas. Espalhe bem. Corte os tomates em fatias finas (se forem os do tipo cereja, corte-os ao meio) e cubra o conteúdo da assadeira. Polvilhe farelo de pão e parmesão ralado a gosto. Leve ao forno por mais 30 minutos, até que a batata comece a ficar crocante nas bordas. Retire do forno e guarneça com o restante da salsinha picada.

Fonte: Trem Bom.