4

Crumble de Pêras e Blueberries [Sem Glúten]

Não me surpreendi ao constatar que essa versão fica até mais saborosa do que a receita que costumo fazer e que serviu de base pra esta. Sementes e castanhas são excelentes substitutos no crumble justamente por serem mais crocantes. Caso queira, o açúcar pode ser diminuído, especialmente se as frutas que você usar estiverem doces. Para fazer a farinha sem glúten, você pode usar uma mistura de castanhas e sementes da sua preferência, eu usei o que eu tinha em casa. Eu não testei, mas pode ser usada uma parte de amido de milho ou farinha de arroz também.

Ingredientes:
6 pêras (usei portuguesas)
200 g de blueberries (opcional)
1 colher (chá) de canela (pode ser opcional, se quiser menos canela)
Farofa doce (crumble):
1/2 xícara de açúcar
1/2 xícara de açúcar mascavo
1 e 1/4 de xícara de farinha sem glúten*
1 colher (chá) de fermento (sem glúten, observe a embalagem)
1 ovo

*Farinha sem glúten:
2 colheres (sopa) de semente de linhaça
2 colheres (sopa) de quinoa em flocos
2 colheres (sopa) de gergelim
O quanto baste de amêndoas ou outro tipo de castanha

Cobertura:
2 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (chá) de canela
1 colher (sopa) de manteiga derretida

Preaqueça o forno em 160°. Prepare primeiro a farinha: bata no liquidificador quaisquer sementes que você queira usar com um bom punhado de amêndoas suficiente para que a mistura renda pouco mais de uma xícara. Deixe o mais fina que puder.
Misture todos os ingredientes do crumble, inclusive a farinha preparada, e reserve. Fica parecido com areia molhada.
Corte as pêras em cubos, misture-as com as blueberries e a canela e despeje tudo sobre um refratário untado com manteiga. Cubra as frutas com a farofa, distribuindo bem, fazendo uma camada, sem misturar. Para a cobertura misture o açúcar e a canela e salpique por cima. Por último despeje a manteiga por cima de tudo. Leve para assar por 1 hora. Sirva com sorvete de creme.

Anúncios
20

Chili Vegetariano


Por vários motivos está ficando mais difícil escrever por aqui, inclusive porque não tenho feito muitas receitas diferentes. Mas sempre que eu puder vou aparecer. Esse chili é algo simples que faço sempre e que gosto muito, usando como base essa receita da Cinara. Faz tempo que não encontro chili em pó na cidade, então improviso com pimenta calabresa ou mesmo um molho de pimenta mais forte. A dose de calor fica a gosto, mas cada vez que faço carrego mais um pouquinho.

Ingredientes:
2 xícaras de proteína texturizada de soja
1 e 1/2 xícara de feijão cozido, sem caldo (usei feijão verde)
1 cebola picada
2 alhos picados ou ralados
1/4 de pimentão vermelho ou 1/2 pimentão verde
1 lata de molho de tomate (ou 400 g de molho de tomate caseiro)
1/2 colher (chá) de pimenta calabresa (ou 1/4 colher de chá de chili em pó)*
1/4 colher (chá) de cominho
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Molho de pimenta a gosto

*comece com um pouquinho e vá testando conforme o gosto.

Cubra a soja com água numa tigela e deixe-a hidratando por 15 minutos. Escorra bem, apertando a soja com as mãos para retirar o excesso de água. Com um pouco de óleo na panela, refogue ligeiramente o alho, a cebola e o pimentão e acrescente a soja, refogando mais. Tempere com a pimenta, o cominho, o sal, a pimenta-do-reino e se desejar, umas gotas de seu molho de pimenta preferido (se alguém que não gosta tão picante for comer, deixe pra acrescentar à parte, depois do prato pronto). Junte o molho de tomate e o feijão e deixe mais alguns minutinhos, misturando tudo. Sirva com salgadinhos de milho do tipo Doritos. Numa versão mais light dá pra servir com pedaços de massa de pizza de frigideira (esquente a massa na frigideira até ficar sequinha e quebre-a em pedaços), algum pão de sua preferência ou mesmo arroz branco.

29

Bolo Vitrola e Encontro com a Cinara


Quinta-feira passada encontrei mais uma vez minha querida amiga Cinara, que estava de férias aqui em Fortaleza. Foi muito bom, como sempre ela me mata de rir! Adorei encontrar você e sua família novamente, Ci! 😀

Já no domingo teve comemoração do aniversário do Ric, e fiz um bolo no formato de um toca-discos (ele é fã de discos de vinil) e até que ficou bonitinho pra ser o meu primeiro bolo de pasta americana.

29

Coffeecake de Maçã


Depois de passar uma semana degustando bolos cheios de coberturas e recheios, o que eu queria no fim de semana era comer um bolo simples morninho para tomar com café (ou chá, no meu caso). Essa receita é bem especial, é a segunda vez que faço. A massa fica fofinha e macia, com uma camada molhadinha de maçãs no meio. Lembrei que a Cinara havia feito um bolo parecido; acabei notando que era a mesma receita, com leves alterações.

Ingredientes:
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de sal
2/3 de xícara (chá) de açúcar
1 colher (chá) de canela em pó
5 e 1/2 colheres (sopa) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
1 ovo batido
1/2 xícara de leite integral
1 maçã descascada e em fatias fininhas

Aqueça o forno em 180°. Unte uma forma ou refratário (quadrado ou redondo) de cerca de 22 cm (da outra vez usei um de 20, dessa vez usei um de 18, o que foi melhor, pois a massa é pouca).
Peneire a farinha, o fermento e o sal. Reserve.
Numa tigela, junte 1/3 de xícara do açúcar com a canela e reserve.
Na batedeira (ou com um fouet) bata bem a manteiga com o restante do açúcar (1/3 de xícara), juntando depois o ovo, até ficar um creme homogêneo.
Adicione a farinha em 3 vezes, revezando com o leite, misturando bem.
Despeje metade da massa no refratário. Distribua as fatias de maçã sobre a massa de forma a cobri-la toda. Agora cubra com metade da mistura de açúcar e canela.
Cubra tudo com o restante da massa, e mais uma vez com uma camada do açúcar e canela* restantes.
Leve para assar por 25 minutos ou até que fique bem dourado.

*Obs: à segunda metade do açúcar e canela misturei um pouco de castanha caramelizada moída e um pouco de manteiga, formando uma farofa crocante.

Fonte: Simply Recipes.

27

Muffins de Mirtilos [Blueberries]


Essa receita do Simply Recipes já rodou bastante pelos blogs, mas a primeira vez que a vi foi no Cinara’s Place. Não pensava tão cedo em encontrar mirtilos por aqui, e muito menos frescos, mas acredito que por conta do Natal alguém arriscou trazê-los para esta terra quente. Embora eu tivesse muita curiosidade em experimentar estas frutas, no fundo achava que não ia gostar, como aconteceu com o Vitor. Mas não é que adorei? E nesses muffins super macios ainda ficaram mais especiais.

Ingredientes:
1 e 1/2 xícara de farinha de trigo
1/2 colher (sopa) de fermento em pó
1/4 de colher (chá) de bicarbonato
1/4 de colher (chá) de sal
70 g de manteiga amolecida
1/2 xícara (chá) de açúcar
1 ovo
1 pote (180 g) de iogurte natural
1/2 colher (chá) de raspas de limão
3/4 de xícara (chá) de mirtilos frescos ou descongelados
1 colher (sopa) de farinha de trigo* para enfarinhar as frutas

Preaqueça o forno a 190°. Numa vasilha, misture a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal. Reserve. Despeje a colher de farinha* num prato e passe os mirtilos nela para que fiquem bem cobertos. Passe por uma peneira para tirar o excesso de farinha e reserve.
Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar até ficar fofo e esbranquiçado. Adicione o ovo e bata bem. Junte as raspas de limão e bata bem novamente. Vá acrescentando a mistura de trigo aos poucos, alternando com o iogurte, batendo apenas o suficiente para incorporar a cada vez, sem bater demais. Incorpore as frutas na massa e leve a mistura para assar em 10-12 forminhas de muffin, até dourar, o que leva uns 20 minutos. Deixe esfriar nas forminhas por 5 minutos e depois leve os muffins para esfriar por completo numa grelha.

Fonte: Cinara’s Place.

31

Torta de Patê de Alho-Poró [Sem Glúten]

Mesmo para uma viciada em trigo como eu, tem horas em que o glúten pesa e cansa. Por isso tenho uma atração por receitas sem farinha de trigo, até porque elas podem ser saborosas também. E fáceis, como essa de liquidificador. Tinha uma caixa de Arrozina em casa e eu juro que não lembro porque comprei, mas pareceu ideal para aproveitá-la. Seguindo a lógica das tortas salgadas de liquidificador cheguei nessa massa e ficou ótima, fofinha e saborosa. E como preferi fazer cobertura ao invés de recheio ela ficou mais macia ainda, fugindo daquela textura de pudim que acontece às vezes com esse tipo de torta.
A cobertura, a propósito, é uma receita à parte. Trata-se de uma adaptação do Patê Assado de Cebolas da Cinara, que já fiz algumas vezes substituindo a maionese por creme de leite e a cebola por alho-poró. Esse patê vale a pena, muito fácil e rápido de fazer, e fica delicioso. E funcionou muito bem como cobertura, já que o tempo de forno é o mesmo e tem a vantagem de você fazer um “pão” que já vem com patê.

Ingredientes:
Massa:
4 ovos
3/4 de xícara de óleo
1 xícara de leite
1 xícara de queijo ralado (usei coalho)
2 xícaras (200 g) de Arrozina ou Creme de Arroz ou farinha de arroz
1/2 xícara de amido de milho
1 colher (chá) de sal (ou a gosto)
1 colher (sopa) de fermento em pó

Cobertura (Patê Assado de Alho-Poró):
220 g de cream cheese em temperatura ambiente
1 xícara (caixinha de 200 g) de creme de leite
1 xícara de queijo parmesão ralado
1 xícara de alho-poró picado
1 colher (sopa) de pimenta-do-reino moída na hora
1 pitada de sal

Bata todos os ingredientes da massa no liquidificador (pode deixar o fermento para incorporar em separado, se quiser, para garantir uma massa mais fofinha). Derrame toda a massa num refratário. Para a cobertura, é só misturar bem todos os ingredientes e ir jogando colheradas sobre a massa (ainda crua), distribuindo bem. Leve para assar até a massa ficar bem morena e a cobertura dourada, de 30 a 40 minutos.

Fonte: Cinara’s Place (cobertura).

22

Crumble de Maçã

Obviamente esta receita estava na minha longa lista de delícias por fazer, mas felizmente eu pude experimentá-la antes, na casa de uma amiga, e simplesmente amei. Ela logo me passou a receita e disse que era da Cinara, olha só? Dias depois fiz aqui em casa pra alguns amigos e não sobrou nada: é o tipo de coisa que você pensa que é apenas bom, mas quando come é maravilhoso.

Ingredientes:
5 maçãs picadas
1/2 colher (sopa) de canela em pó

3/4 xícara de farinha de trigo
1/4 xícara de aveia em flocos finos
1/2 xícara de açúcar
1/2 xícara de açúcar mascavo
1 colher (sopa) de fermento
1 ovo

1 colher (sopa) de canela em pó
1/4 xícara de açúcar
1 colher (sopa) de margarina derretida (usei manteiga)

Preaqueça o forno a 150°. Misture a farinha, a aveia, os açúcares, o fermento e o ovo. Misture as maçãs picadas com 1/2 colher (sopa) de canela em pó, e espalhe-as no fundo de um refratário quadrado, untado. Espalhe a mistura de farinha sobre as maçãs. Misture 1 colher (sopa) de canela em pó e 1/4 de xícara de açúcar, e espalhe sobre a mistura de farinha. Em seguida, cubra tudo com a margarina derretida. Asse por uma hora. Sirva quente, com sorvete de creme.

Fonte: Cinara’s Place.

16

Sloppy Joes


Esse tipo de receita é ideal para as sessões de vídeo que acontecem aqui em casa e, apesar de temer que o pessoal fosse achar picante demais, foi um sucesso. Servi com alface e queijo mozarela, ficou muito bom. É bom também que seja servido com alguma bebida gelada, um suco ou refrigerante doce, para aqueles que têm pouca resistência à pimenta. Não modifiquei quase nada da receita da Cinara: só o cominho que eu não usei pois não tinha em casa, acrescentei colorau e fritei o alho junto com a carne. Dê uma olhada na receita original para saber mais sobre esse sanduíche picante.

Ingredientes:
800 g de carne moída (patinho)
1 cebola picada
3 dentes de alho amassados
1 pimentão picado (usei vermelho)
1 lata de molho de tomate
1 xícara de água
1 colher (chá) de chili em pó
1 colher (chá) páprica doce
1 colher (chá) de cominho em pó (não usei)
1 colher (chá) de vinagre branco
1 colher (chá) de orégano
1 colher (sopa) de colorau ou colorífico (opcional)
3 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1/2 colher (chá) de sal
1/2 colher (chá) de pimenta-do-reino
8 pães de hamburger

Numa panela grande, frite a carne com o alho, a cebola e o pimentão mexendo sempre com espátula ou colher de pau, para que a carne fique bem soltinha. Deixe o líquido da carne secar. Misture o molho de tomate e a água e mexa até incorporar. Acrescente os demais ingredientes, misturando bem. Deixe em fogo baixo por 10 ou 15 minutos, até engrossar o molho. Sirva com fartura sobre os pães de hambúrguer.

Fonte: Cinara’s Place.

16

Encontro com a Cinara


Eu conheci a Cinara! Como todos sabem, a Cinara está a passeio em Fortaleza e encontrei com ela e sua família (marido, filho, irmão e cunhada) num restaurante mexicano. A foto acima é apenas ilustrativa pois esqueci de levar minha câmera! Que vergonha. Foi uma noite muito agradável pra mim e meu marido e adorei conhecer essas pessoas maravilhosas. A Cinara é exatamente como imaginei, super divertida e atenciosa, uma fofa. Quase não falamos sobre os blogs e sobre comida porque a prosa tomou outros rumos, mas trocamos lembrancinhas e a promessa de repetir o encontro um dia. Mas não esperem que ela comente algo logo pois nesse momento ela deve estar tomando sol em alguma praia por aqui…

22

Muffins de Chocolate [Presentes da Cinara]

Hoje de manhã recebi um pacotinho lindo da querida amiga Cinara que, com sua atenção desmedida me enviou coisinhas que não acho na minha cidade. Claro que não resisti e tive que estrear as gotinhas e as forminhas na mesma hora, com uma receita do blog dela, há muito guardada e ideal para a ocasião. Esses muffins são deliciosos, é claro, e tem que fazer duas receitas pra dar conta porque acaba em segundos mesmo.

Ci, você é uma fofa e sabe que amei demais os mimos e vou usar tudo morrendo de pena de gastar!

Ingredientes:
250 g (1 e 3/4 de xícara) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
2 colheres (sopa) de cacau em pó ou chocolate em pó
175 g (3/4 de xícara) de açúcar
1 pitada de sal
150 g (3/4 de xícara) de gotas de chocolate meio-amargo, mais 1/4 de xícara para decorar
250 ml (1 xícara) de leite
90 ml (1/3 xícara mais duas colheres (chá)) de óleo (usei de girassol)
1 ovo
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Preaqueça o forno a 200°. Em uma tigela, misture a farinha, o fermento, o bicarbonato, o chocolate em pó, o açúcar e o sal. À parte, misture o leite, o óleo, o ovo e a baunilha. Acrescente os ingredientes líquidos aos secos de uma só vez. Misture apenas até incorporar, lembrando que a massa de muffins deve ficar “empelotada” mesmo. Misture as gotas de chocolate à massa. Encha forminhas de muffin até 2/3 da capacidade. Distribua as gotas restantes por cima da massa, e asse por 15 ou 20 minutos, fazendo o teste do palito. Rende 12 muffins.

Fonte: Cinara’s Place.