0

Sopa de Tomate e Arroz da Nigella

Essa receita da Nigella fica entre um risoto e uma sopa e é muito prática e saborosa. Conheci através da Eliana, em seu antigo blog, há bons 10 anos atrás.

1 xícara (chá) de arroz basmati (funciona com arroz comum também)
1 lata de tomate pelado
3 xícaras de água ou caldo de legumes
1 cebola pequena picada
1 dente de alho picado
3 colheres (sopa) de azeite
Sal e pimenta a gosto
Parmesão ralado para polvilhar

Refogue a cebola e o alho no azeite. Junte o tomate e mexa bem para que os pedaços fiquem menores. Acrescente o arroz, a água e o sal e mexa de vez em quando, até que o arroz fique cozido. Sirva quente com azeite e parmesão ralado.

Anúncios
0

Caponata de Beringela


2 beringelas médias ou grandes
1 abobrinha italiana média ou grande
1 pimentão vermelho
1 pimentão amarelo
2 cebolas roxas
1/4 de xícara de vinagre
1 xícara de azeite de oliva (aproximadamente, pode ser menos, pode ser mais)
Ervas finas a gosto
Sal e pimenta a gosto

Corte os legumes em fatias finas, no comprimento (eu ainda corto ao meio, para que não fiquem tão compridas). Junte-os numa assadeira grande e acrescente o vinagre, o azeite, ervas, sal e pimenta. Misture bem, de preferência com as mãos, para que fique tudo bem misturado. Cubra com papel alumínio e asse em forno a 160º por cerca de 1 hora e meia, dando uma mexida na metade do tempo. Se bem fechado pode durar mais de 7 dias na geladeira.

0

Torta rápida de verduras

393

3 ovos
1 xícara de leite
1/2 xícara de óleo
1 e 1/2 xícara de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó

Sugestão de recheio:
1 cebola refogada
1 pimentão refogado
meia cenoura ralada
1 abobrinha ralada espremida bem pra tirar o excesso de água
1 tomate picado
sal, ervas e temperos a gosto

Preaqueça o forno a 200º. Unte e enfarinhe uma forma média redonda. Prepare os ingredientes do recheio e reserve. Bata os ingredientes da massa com um fouet, primeiro os líquidos, juntando os secos, e despeje na forma. Cubra com o recheio e leve para assar até que esteja firme e bem dourada nas bordas.

A receita da massa vi no Pitadinha.

14

Brownies Úmidos com Castanha-de-Caju


Esse não é o meu tipo preferido de brownie. Eu gosto mais daqueles com casquinha bem crocante, que conseguimos batendo bastante os ovos com o açúcar durante o preparo. Mesmo assim estes ficaram absolutamente incríveis e são bem mais simples de fazer. Para compensar a falta de casquinha, cobri com castanha-de-caju, mas você pode abdicar da cobertura. Como são muito úmidos, talvez você prefira mantê-los em geladeira e esquentá-los no microondas quando for servir. Nem preciso dizer o quanto ficam perfeitos com sorvete de creme.

Ingredientes:
200 g de manteiga picada
200 g de chocolate amargo picado
250 de açúcar (usei demerara)
3 ovos ligeiramente batidos
1 colher (chá) de extrato ou essência de baunilha
125 g de farinha de trigo
1 pitada de sal
1/2 xícara de castanha-de-caju picada grosseiramente

Preaqueça o forno a 180º. Unte uma assadeira quadrada de 23cm e forre-a com papel-manteiga, deixando uma sobra nas bordas para facilitar a remoção dos brownies. Numa panelinha em fogo baixo, aqueça a manteiga e depois o chocolate, mexendo sem parar, até que o chocolate comece a desmanchar. Retire do fogo, despeje numa tigela grande e acrescente o açúcar, mexendo bem. Deixe esfriando até atingir a temperatura ambiente.
Junte os ovos e misture bem. Acrescente a baunilha e, em seguida, a farinha e o sal.
Despeje a massa na assadeira e leve ao forno por cerca de 20 minutos, ou até que o brownie esteja firme nas bordas e levemente macio no centro. Deixe esfriar na assadeira e corte em quadrados.

Fonte: O Grande Livro de Receitas: Chocolate – Jennifer Donovan.

18

Muffins Veganos de Banana e Manteiga de Amendoim

Já faz um tempo que não apareço e peço desculpas pelo sumiço, mas quem acompanha o blog já deve estar acostumado. Ultimamente estou sem disposição para cozinhar e ao mesmo tempo querendo perder uns quilos, então basicamente isso tem me deixado longe. Mas aqui e ali tenho vontade de fazer alguma coisa e como esses muffins acabaram de sair do meu forno, vim aqui contar pra vocês como eles são gostosos.
Minha receita preferida de Muffin de Banana é uma que já faço há um tempo e na maioria das vezes eu a preparo sem ovo porque realmente não faz falta na textura e no sabor: a linhaça substitui muito bem, ainda mais naqueles dias que você descobre que não tem ovo em casa. Já estes muffins não ficaram nem um pouco atrás e a manteiga de amendoim acrescentou mais maciez ainda à massa.

Ingredientes (8 muffins):
1 colher (sopa) de semente de linhaça triturada
1/2 colher (chá) de chia (opcional)
3 colheres (sopa) de água

2 bananas maduras
2 colheres (sopa) bem cheias de manteiga de amendoim (de preferência sem sal)
50 g de manteiga sem sal derretida (ou 1/4 de xícara de óleo vegetal para versão vegana)
1/2 xícara de açúcar

1 xícara de farinha de trigo
1/2 colher (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
Canela em pó para polvilhar

Preaqueça o forno em 180º. Separe de 8 a 10 forminhas de papel numa assadeira de muffins. Numa tigela pequena, misture a semente de linhaça e a chia com a água e deixe descansar por uns 10 minutos, ou até que a mistura fique gelatinosa, semelhante a um ovo. Reserve. Em outra tigela, misture a farinha de trigo, o fermento e o bicarbonato e reserve também.
Despeje a manteiga derretida (ou óleo vegetal) numa tigela grande e misture-a com o açúcar, a manteiga de amendoim, a mistura de linhaça e a banana, usando um fouet ou garfo. Adicione a mistura de farinha e incorpore com uma espátula ou colher, sem bater a massa ou misturar demais. Distribua a massa nas forminhas, polvilhe com um pouquinho de canela e asse por 15 a 25 minutos (os meus assaram em 20 minutos). Deixe esfriar um pouco na assadeira e depois numa grade.

Fonte: Baseado nesta receita.

15

Barrinhas de Tapioca

Conhecidas por Cuscuz de Tapioca ou Tapioca de Forma, conheci essas barrinhas na época em que fiz meu curso de Confeitaria, apesar de serem comuns no Nordeste. A textura das bolinhas macias de tapioca e o sabor do coco podem fazer uma festa num lanche da tarde ou café da manhã de final de semana. Simples e delicioso.

Flocos de Tapioca:

Ingredientes (para cerca de 16 barrinhas):
250 g de flocos de tapioca
200 ml de leite de coco
250 ml de leite
1 xícara rasa de açúcar
100 g de coco ralado
Uma pitada de sal
Leite condensado a gosto para servir

Misture os flocos, o açúcar e o sal numa tigela grande. Leve ao fogo o leite e o leite de coco, até levantar fervura, e despeje sobre os flocos, mexendo bem. Cubra e deixe descansar por 10 minutos. Junte então metade do coco ralado misture mais uma vez. Coloque a mistura num refratário (usei um quadrado de 20 cm), alise com uma colher, nivelando tudo e deixe esfriar um pouco. Salpique o restante do coco ralado, tampe com filme plástico e leve à geladeira por 4 horas. Corte em barrinhas e sirva com leite condensado. Dura vários dias na geladeira, desde que se use o leite condensado apenas nas porções que serão servidas.

Obs: a receita pode ser feita em uma versão salgada. Para isso basta retirar o açúcar e acrescentar um pouco mais de sal. Pedaços de queijo coalho ou parmesão ralado também é uma boa. Nesse caso você poderia servir com requeijão ou manteiga.

14

Muffins Baklava

Desculpem o sumiço por aqui, a cozinha está meio parada esses dias mas hoje quis dividir com vocês essa receita da Pat, que aliás foi a primeira receita que ela publicou em seu blog. Para aqueles que querem fugir um pouco do chocolate nesta Páscoa, um muffin com recheio especial de canela e nozes, com um aroma absurdo e delicioso! Desejo um lindo feriado a todos!

Ingredientes:
Recheio:
1/2 xícara de nozes picadas
1/3 de xícara de açúcar
1 e 1/2 colher (chá) de canela em pó
42 g (3 colheres de sopa) de manteiga sem sal, derretida

Massa:
1 xícara + 7 colheres (sopa) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/4 de xícara de açúcar
1 ovo grande
42 g (3 colheres de sopa) de manteiga sem sal, derretida
3/4 de xícara de iogurte natural (1 potinho de 170 g)
1/3 de xícara de leite desnatado

Cobertura:
Cerca de 1/2 xícara de mel (não usei)

Preaqueça o forno em 200º. Prepare uma forma de muffins com 12 forminhas de papel (se quiser os muffins maiores, faça apenas 10). Misture todos os ingredientes do recheio e reserve.
Numa tigela grande, misture a farinha, o fermento, o bicarbonato e o açúcar. Em outra tigela misture o ovo, o iogurte, o leite e a manteiga (eu bati rapidamente com um fouet até ficar homogêneo). Despeje a mistura sobre os ingredientes secos e incorpore com uma espátula apenas para misturar, sem bater, deixando a massa grosseira.
Despeje um pouco de massa em cada forminha, distribua o recheio e complete com o restante da massa. Leve para assar por cerca de 25 minutos. Retire do forno e pincele com um pouco de mel (não fiz).

Fonte: Technicolor Kitchen.

2

Talharim ao Vinagrete de Azeitona

O molho para este talharim é bem versátil e prático: pode ser servido fresco, sem ir ao fogo, ou levemente aquecido, como fiz, ou ainda como se fosse uma salada fria. De qualquer modo ele irá satisfazer quem estiver interessado numa refeição rápida e saborosa.

Ingredientes (2 porções):
200-250 g de talharim
1/3 de xícara (chá) de azeitonas verdes recheadas com pimentão, bem picadas
2 dentes de alho espremidos
2 cebolinhas verdes bem picadas (talos e folhas)
1 colher (sopa) de manjericão fresco picado
2 colheres (sopa) de sumo de limão
2 colheres (sopa) de vinho branco (ou 1 colher (sopa) de vinagre de vinho branco)
3 colheres (sopa) de azeite de oliva extra-virgem
Sal* e pimenta a gosto
Parmesão ralado a gosto (dispense se quiser uma versão vegana)
Rodelas de azeitona e manjericão fresco para finalizar (opcional)

*Não usei sal no molho: a azeitona e o parmesão são suficientes para salgar o prato, contanto que o talharim seja cozido em água salgada.

Deixe cozinhando a pasta em água fervente e salgada, conforme as instruções do fabricante, enquanto prepara o molho. Este pode ser preparado frio ou quente. Misture bem as azeitonas, o alho, a cebolinha, o manjericão, o limão, o vinho ou vinagre, a pimenta e o azeite. Teste o sal. Caso queira ele frio, já estará pronto. Caso queira quente (como fiz), quando a pasta estiver cozida, aqueça o molho numa frigideira, apenas por 1 minuto, sem deixar refogar muito, e acrescente o talharim escorrido, incorporando o molho. Sirva imediatamente, com rodelas de azeitona, folhas de manjericão e parmesão ralado.

Para uma outra versão, como salada fria, misture os ingredientes do molho, com exceção do azeite, e vá batendo e acrescentando o azeite em fio, até emulsificar. Misture com o macarrão de sua escolha (já frio) e sirva frio.

Fonte: Adaptado de uma receita de salada, recorte sem referência.

14

Pão de Forma Simples

Muita gente me pede receitas de pão que sejam bem simples de fazer. Eu não tenho nenhuma que seja mais simples que essa: não tem sova, o crescimento é relativamente rápido, você pode usar suas formas de bolo e o preparo é o mais prático possível. A textura dele é um pouco diferente, não é um pão para sanduíches, e sim para o café da manhã ou lanche, ótimo para fazer torradas. Como ele rende bastante, você pode cortar as fatias e congelar, assim vai ter pão por muito tempo em casa.

Ingredientes:
3 ovos
1 xícara de óleo
4 xícaras de água
1/2 xícara de açúcar
1 envelope (10 g) de fermento biológico instantâneo seco (se quiser um pouco mais fofinho, pode acrescentar mais 1 colher (chá) do mesmo fermento, eu não uso porque acho mais prático usar só um envelope)
1 colher (sopa) de sal
1 kg de farinha de trigo peneirada (da qual uma parte pode ser de farinha de trigo integral, dessa vez usei 1 xícara da integral)

Misture todos os ingredientes, menos a farinha de trigo, numa tigela grande, com a ajuda de um fouet, até que fique homogêneo. Aos poucos vá acrescentando a farinha de trigo, misturando bem. Quando ficar mais pesada, troque o fouet por uma colher de pau ou espátula. A massa deverá ficar mole, grudenta, como se fosse um mingau bem grosso. Unte com um pouco de óleo 2 formas de buraco no meio de 24 cm, retirando o excesso com papel toalha. Distribua a massa nas duas formas, mas antes separe uma colherada da massa e despeje num copo d’água. Cubra as formas com um pano, em um local sem correntes de ar, e deixe descansar por 1 hora, ou até a colherada de massa do copo ir à tona. Leve para assar em forno preaquecido (180°) por cerca de 35 minutos, até que doure e passe no teste do palito.

Fonte: Adaptado de um recorte do meu caderno de receitas, sem referência.

20

Tomates Assados no Vinagre Balsâmico

Preparo esses tomates constantemente, quase toda semana. Guardo em um recipiente com um pouco de azeite de oliva e duram bastante na geladeira, assim eu posso usá-los em massas, tortas, saladas, risotos e o que mais aparecer. Com esses tomates eu preparei essa torta e essa salada, por exemplo.
Uma versão dessa receita já foi publicada aqui, mas eu costumava fazer de maneira diferente, então resolvi atualizá-la para quem sempre me pergunta como faço. Não costumo usar alho no preparo porque gosto que eles fiquem mais versáteis, para que combinem com tudo, mas se quiser você pode acrescentar ou seguir o preparo de tomates confit da Dani ou do Vitor. A Patricia também recentemente publicou um espaguete com tomates assados que parece incrível. Minha versão é um pouco mais doce, levemente caramelizada, e minha maneira preferida de saboreá-los é numa bruschetta com bastante parmesão.

Ingredientes*:
1 caixinha de tomates-cereja vermelhos
1 caixinha de tomates-cereja amarelos
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
3-4 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto
Ervas a gosto, secas ou frescas (costumo usar manjericão e manjerona)
Azeite de oliva extra-virgem

*As quantidades são apenas aproximadas, use a quantidade de tomates que você preferir e tempere a seu gosto. Você pode usar bem menos açúcar, por exemplo, ou usar outro tipo de vinagre.

Preaqueça o forno em 180°. Corte os tomates ao meio no sentido do comprimento e arrume-os numa assadeira, com o lado cortado pra cima. Se sua assadeira não for anti-aderente, forre-a antes com papel alumínio. Tempere os tomates com os demais ingredientes e leve para assar por cerca de 40 ou 50 minutos, até que fiquem macios e os sucos tenham evaporado, deixando apenas um molhinho escuro. Apague o fogo e deixem esfriar dentro do forno, para que sequem mais um pouco. Guarde num recipiente e cubra a superfície dos tomates com um pouco de azeite de oliva extra-virgem. Conserve em geladeira.